Bronzeamento - os tipos mais comuns nas clínicas de estética

bronzeamento a jato

Com a proibição das câmaras de bronzeamento pela ANVISA (Agência Nacional de Vigilância Sanitária), por conta do câncer de pele, a solução para conquistar a cor do verão sem ir à praia é o famoso bronzeamento a jato.

Hoje em dia a maioria dos produtos não deixa a pele amarelada ou com manchas. Conforme a dermatologista Fernanda Montoril, a diferença é que sustâncias como a Erithrulose e a diidroxiacetona (DHA), que reagem com as proteínas na camada superficial da pele para produzir uma cor similar a que conseguimos na exposição solar, está de forma equilibrada com os outros ativos, assim proporcionando um resultado ainda mais natural.

Basicamente todos os tipos de bronzeamento a jato funcionam da mesma forma. Conheça os mais usados nas clínicas de estética.

Jet Bronze - a aplicação é feita por uma esteticista que utiliza uma pistola própria (aerógrafo) de ar comprimido que borrifa o produto na pele, o que deixa ele agir de forma uniforme, sem manchas. Geralmente dura em média 15 minutos, para que o produto seja espalhado na mesma quantidade no corpo todo, mas para secar é preciso esperar mais 20. Após oito horas é possível observar o resultado por completo. A cor dura até dez dias. Cada sessão custa em média R$ 80. Você encontra as clínicas que utilizam o método no site http://www.jetbronze.com.br/

Sol Pleno - o método é aplicado com a ajuda de um borrifador e tem sua loção fabricada pela empresa Vita Derm. Aprovado pelo Ministério da Saúde, o "bronzeador" tem na composição aloe vera, nozes e tília, responsáveis por nutrir e hidratar a pele. Há dois tipos de loções. Para peles morenas, quando se quer um bronzeado mais intenso, e para peles mais claras, se a intenção é ter um bronzeado mais discreto. Conforme o tipo de pele, ele permanece entre 03 e 07 dias. A sessão dura 10 minutos, mas é preciso mais 15 para secagem. Após quatro horas já é possível notar o resultado que se intensifica por mais quatro. O valor da sessão varia entre R$ 50 e R$ 100. O produto é usado nas redes Onodera e Emagrecentro, além das unidades do Guarujá e Aclimação (São Paulo) da rede Jacques Janine. Informações pelo site http://www.solpleno.com.br/

Magic Tan - diferente dos outros dois, esse tipo de bronzeamento não é considerado a jato, por ser feito dentro de uma cabine computadorizada. Dois jatos de spray jogam o produto pelo corpo todo. Já o tempo de secagem é quase instantâneo, mesmo assim é bom ficar sem tomar banho por seis horas, nem suar nesse período para que o bronzeado penetre na pele. Basta apenas uma aplicação que ele permanece por uma semana. Mas alguns fatores contribuem para que o bronzeado fique por menos tempo, como a água da piscina e do mar, banhos quentes e a prática de esportes de longa duração. A sessão custa em média 110 reais. A rede Magic Tan tem endereços em vários estados brasileiros. Informações no site http://www.magictan.com.br/

Conforme Montoril, seja qual for o produto escolhido, ele apenas age na camada superficial da pele, mais precisamente na queratina. "Portanto não é necessário usar filtro solar durante a sua aplicação, apenas na hora de se expor ao sol, o que é permitido depois de usar o bronzeamento a jato", explica a dermatologista. Antes da aplicação não use ácidos ou peelings e sempre vá com um biquíni mais velho e de cor escura, pois muitas vezes o produto pode manchá-lo.

Comente

Últimas