Cabeça quente, cabelo ressecado

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Cabeça quente cabelo ressecado

Você já trocou de xampu, de creme de tratamento e até de cabeleireiro, mas seu cabelo continua ressecado, quebradiço e sem vida? Provavelmente ele está fragilizado demais por causa da ação dos raios solares e dos mergulhos no mar e na piscina.

Mas nada de pânico! Com os cuidados e os produtos adequados, você aumenta a facilidade ao pentear e garante a boa aparência dos fios.

Confira as sugestões do cabeleireiro das celebridades, Wanderley Nunes, para manter o cabelo forte e sedoso.

Disfarce

Em situações críticas, encare seu cabeleireiro como um médico de pronto-socorro, que vai prescrever os tratamentos e produtos para a manutenção em casa. Mas, se a agenda dele está cheia e só há horário para a semana que vem, apele para o velho e bom truque de camuflagem.

Segundo Nunes, o rabo-de-cavalo é a melhor opção. "Antes de prender, aplique um antifrizz, que ajuda a controlar os fios rebeldes ao redor da cabeça e doma o cabelo. Arremate com um elástico grosso e resistente, de preferência forrado com algodão ou seda, para não quebrar os fios", recomenda.

Tesoura e coloração

É importante que a pessoa vá ao cabeleireiro sem medo ou apego aos fios danificados pelo sol. "Quanto mais se cortar o cabelo, mais fácil será mantê-lo", afirma o cabeleireiro.

Depois da tesoura, reveja a coloração. "Retoque a raiz e distribua o produto ao longo dos fios somente entre os últimos cinco e dez minutos do tempo de ação da coloração. Se os seus fios são virgens, mas estão desbotados, opte por um tonalizante do mesmo tom das mechas mais escuras ou com nuances douradas se você tem cabelos em tons de louro e pele clara ou cabelo castanho-médio. Prefira produtos com ingredientes de tratamento que compensam a agressão aos fios".

Tratamentos

Formulações à base de queratina ou outras proteínas são excelentes para recuperar cabelos danificados, garante Wanderley.

As proteínas são os principais componentes do fio. E são elas as prejudicadas quando entram em ação os agressores externos. "O raciocínio parece simples: se faltam proteínas, basta repor. Mas é muito difícil fazer com que se fixem. As fórmulas modernas tentam resolver essa questão com moléculas cada vez menores para aumentar a aderência", diz o profissional.

Os cabeleireiros recorrem ao uso de chapinhas especiais, que utilizam o calor para colar a queratina no fio. "Esse processo, porém, exige uma indicação precisa, já que o calor pode danificar ainda mais o fio", explica Nunes.

Manutenção em casa

São os pequenos rituais do dia-a-dia que garantem os resultados mais duradouros. Aposte em xampus e condicionadores para cabelos secos ou danificados e hidratantes. "As manteigas também são ótimas para fios grossos e muito ressecados. Os silicones, além de aumentar a facilidade de pentear, realçam o brilho".

A máscara de tratamento profundo, para aplicar uma vez por semana ou a cada 15 dias, dependendo do grau de ressecamento dos fios, também é importante nesse processo de recuperação. "Graças às novas tecnologias cosméticas que produzem moléculas cada vez menores, algumas máscaras só precisam de três minutos para agir", afirma Nunes.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas