Cerveja: dá ou não barriga?

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Cerveja dá ou não barriga

As mesas de bar sempre rendem ótimas polêmicas. E de uns tempos para cá, uma nova tem se juntado à política, futebol, religião etc. Cerveja dá ou não barriga?

A resposta ainda não está totalmente definida. Pesquisas indicaram que a afirmação de que a cerveja é responsável pela barriga existente principalmente nos homens não passa de lenda. Para alguns pesquisadores europeus o problema é apenas genético. Outros, também do velho continente, acreditam que apenas o consumo moderado de cerveja não altera o peso nem a massa corporal.

No Brasil a questão também não está completamente definida. Para o endocrinologista Dr. Alfredo Halpern, a cerveja não tem influência no aumento da barriga.

"Não existe uma relação do tipo da bebida com o aumento da gordura corporal. É o estilo de vida de cada um que contribui para o aparecimento da tão conhecida barriga de cerveja", explica Halpern.

Já para Fernanda Giannecchini, nutricionista da Clínica Onodera Estética, a "cerveja é uma bebida fermentada que, quando consumida em excesso, leva à formação de gases e conseqüente distenção abdominal, dando origem à famosa barriguinha de cerveja".

Num ponto, porém, os dois têm a mesma opinião. Geralmente, os acompanhamentos da cerveja são os principais vilões pelo acúmulo de gordura. "O problema maior é que a cerveja sempre vem acompanhada de tira-gostos normalmente ricos em gordura. Isso aumenta as calorias e, conseqüentemente, aumenta a barriga", alerta Fernanda.

Segundo Halpern, o consumo excessivo do líqüido junto com outros alimentos proporciona uma dilatação do estômago, que passa a exigir cada vez mais um volume maior de alimentos. "O excesso de peso adquirido, principalmente nos homens, tende a se concentrar na região da cintura e do abdômen, resultando na famosa barriga de cerveja, mas não que ela influencie".

Para o comerciante Jair de Oliveira, 32 anos, a cerveja foi a grande culpada por ele ter adquirido a tão famosa barriga. "Eu bebo pelo menos duas vezes por semana e mesmo praticando atividades físicas e correndo, não consigo perdê-la".

Segundo o personal trainer Eduardo Fazioli, tomar algumas cervejinhas em um dia da semana, somente, não vai causar estragos no corpo de ninguém. "Uma cerveja não faz mal, mas muitas, sim. Pior ainda é se a pessoa beber todos os dias e com acompanhamentos".

Como perdê-la

Perder a "barriga de cerveja" não é uma tarefa fácil. Para o endocrinologista a gordura que fica dentro da região abdominal é mais perigosa e muito mais difícil de perder. "É muito mais fácil perder aquelas que ficam sob a pele, responsável pelos pneuzinhos e pelas celulites, do que a tão famosa barriga de cerveja".

Responsável pela atividade física de diversas pessoas, o personal Eduardo também cobra uma maior responsabilidade alimentar das pessoas. "Para perder qualquer tipo de barriga é necessário uma reeducação alimentar e atividades físicas durante toda a semana", afirma.

O mais indicado é procurar orientação de um profissional e fazer exames antes de começar qualquer tipo de atividade. "Para quem não tem tempo de ir para a academia ou condições, o mais fácil e prático é a caminhada. O que não pode é ficar sem fazer atividades", afirma.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas