Chris Flores

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Chris Flores

fotos: Cibele Rossi/Record

A jornalista Chris Flores faz parte do time de apresentadores do programa "Hoje em Dia", da Rede Record. Ao lado do chefe de cozinha Edu Guedes, da modelo Ana Hickmann e do também jornalista Celso Zucatelli, ela comanda a atração diária e conta aos telespectadores notícias sobre as celebridades. "Para mim, é jornalismo falar do Lula e da Adriane Galisteu. Vou tratar da mesma maneira. Não estou ali fazendo ‘fuxiquinho’", declara a jornalista de 30 anos.

Nos intervalos da atração, Chris aproveita a amizade com Ana Hickmann para pegar algumas dicas de beleza. "A Ana me ajuda muitíssimo, me dá muitas dicas. Aprendi muito com ela", conta.

ENTREVISTA AO CYBERDIET

Em entrevista ao Cyber Diet, Chris Flores conta que fez balé durante 12 anos e acredita que a dança lhe ajudou a manter o corpo em forma. Com um filho de dois anos, Gabriel, fruto do casamento de quatro anos com o também jornalista Ricardo Corrêa, ela conta que se cuidou bastante durante a gravidez, mas não consegue voltar a fazer exercício físico devido à rotina agitada.

Como é chegar aos 30 anos? Você sentiu mudanças no corpo?

É muito legal, porque você se sente mais madura, mais preparada. Mas que tudo cai, cai! (risos) Engravidei com 27 anos, tive filho com 28, daí quando chega aos 30 você sente a lei da gravidade na pele, literalmente. Tem mais flacidez. Depois disso, fiquei mais vaidosa. Comprei um bom demaquilante, cremes para expressão, sinais. Eu comecei a passar esfoliante, tenho passado óleos durante banho, cuido mais do cabelo do que antes, já que todo o dia a gente faz escova e chapinha. Eu trabalho com a Ana Hickmann, que é uma mulher lindíssima, então, tenho que me cuidar. A Ana me ajuda muitíssimo, me dá muitas dicas, aprendi muito com ela. Ela sabe tudo, é muito glamurosa. Por isso, eu tenho que ficar uma figura agradável para quem me vê na TV.

Você engordou muito durante a gravidez? Como se cuidou?

Eu engordei 15 quilos, mas estava muito magra quando engravidei. Então, ficou bem distribuído. Engordei mais na barriga e nos seios e fiquei muito feliz com o tamanho deles, eu abusava dos decotes. O que me ajudou muito foi fazer drenagem linfática. Fazia duas vezes por semana e foi muito bom, porque eu não fiquei inchada. Além disso, eu passava creme de duas a três vezes ao dia, então, não tenho estrias. Mas tenho que confessar que tenho celulite e acho horroroso.

Tem outros cuidados com a saúde e estética?

Vou ao ginecologista pelo menos uma vez ao ano para fazer exames de rotina. Agora, também vou à dermatologista. Comecei a fazer depilação a laser, é muito bom se livrar dos pêlos. Fiz nas axilas e vou fazer em outros lugares também. A dermatologista também disse que vai cuidar da minha pele, porque uso maquiagem todos os dias e a luz forte do estúdio prejudica. Outros procedimentos estéticos eu não aprovo. Sou contra preenchimento de lábios, por exemplo, porque acho que você tem que manter a expressão que tem. Acho que as marcas da velhice são legais de ter, você não pode ficar neurótica. E certos defeitos, uma boa maquiagem e Photoshop (programa de computador que trata imagens) arrumam. Mas algo para tirar manchas e oleosidade, sou a favor, não tenho problema nenhum.

Você faz alguma atividade física?

Fiz balé por 12 anos, entrei com quatro e fiquei até os 16. Fiz balé clássico, cheguei a me formar e dar aulas. Depois, larguei a dança para fazer jornalismo.

Achou ruim a troca?Jornalista é muito sedentário. Na redação, nós ficamos muito tempo sentados, não respiramos ar puro. Quando você sai para fazer reportagem, está naquela loucura e não pensa em ficar saudável. Logo que entrei para o jornalismo, eu não consegui fazer mais nada. Fiz um curto período de ioga e quero voltar, foi importante para corpo e mente. Mas parei porque eu não tinha horário certo, devido à profissão.

Você acha que o balé te ajudou a manter a forma na adolescência?

Sem dúvida. Ele dá postura, você fica mais alongada, trabalha bastante abdômen, a perna fica bonita, bem torneada. Na adolescência, nós comemos demais e quando eu parei de fazer balé foi um baque para meu corpo, porque eu comia a mesma quantidade e não fazia exercícios. Por isso, equilibrei a alimentação. O balé dá disciplina, devo a ele meu corpo de hoje.

Você se preocupa muito com a sua aparência?

Eu não faço o estilo "popozuda", gata da praia. As pessoas nunca vão me ver de biquíni, não vou sair pelada em revista. Eu tenho essa cabeça de jornalista, tenho uma profissão. Hoje, estou como apresentadora, mas amanhã posso voltar como repórter, editora e vou achar tão digno quanto. Tenho que me preservar. Imagem vai embora e fica o interior.

Como você costuma se alimentar?

Não faço regime. Eu aprendi a selecionar as coisas que me fazem bem, porque tenho gastrite e não posso comer em hora errada. De manhã, meu café é sempre um copo de leite, iogurte e pão com queijo branco. Ele tem que ser reforçado, porque depois fico quatro horas ao vivo no programa. Costumo comer pouquinho. Abuso mais no final de semana, quando como doces. Mas não tomo refrigerante desde os dez anos e bebo muita água. Só tomo suco natural e procuro evitar comidas muito gordurosas. À noite, consumo alimentos bem leves. Mas com um filho de dois anos, às vezes é difícil fugir das besteiras.

Já teve problema com algum famoso por causa das notícias do "Hoje em Dia", da Record?

Graças a Deus, não. Normalmente, as pessoas brincam comigo dizendo: "você já falou de mim". E eu pergunto se foi bem ou mal (risos). Eu trato as notícias de celebridades como notícias. Para mim, é jornalismo falar do Lula e da Adriane Galisteu, vou tratar da mesma maneira. Não estou ali fazendo "fuxiquinho", não faço esse tipo de comentário, julgamento. Não vou falar mal gratuitamente. Se a pessoa for lá ser entrevistada, vou perguntar tudo. Vai dela, responder ou não. Durante a minha carreira, também trabalhei com outras editorias. Adorava política, mas economia nem tanto. Eu já fiz de tudo um pouco, mas celebridade é uma coisa que eu gosto. Não entrei nesse ramo sem querer.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas