Em alta neste verão: cabelos soltos e naturais!

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Em alta neste verão cabelos soltos e naturais

Compor uma coleção de cortes e cores de cabelos não depende apenas de boas idéias. O processo é longo e passa por uma extensa fase de pesquisas e testes antes de ganhar as cabeças mais antenadas com as novas tendências.

Segundo a hairstylist Luciana Rosa, de São Paulo, o desafio é interpretar o que há de novo no mundo e levar essas informações para cabeleireiros e clientes de todo o Brasil. "É um grande trabalho de equipe. Colhemos informações que saem de passarelas, eventos, revistas e ruas, levando em consideração atitudes, comportamentos e estilos. É a partir dessas informações que começamos a criar os cortes e desenvolver as cores das coleções", conta.

Cada coleção de cor é, na verdade, uma interpretação de tendências. As diversas marcas de tintura podem ter suas próprias variações de cores, mas a influência por trás dessas criações é sempre a mesma. "Elas podem ter nomes e alguns estilos diferentes, porém as fontes nas quais se inspiram são idênticas, basicamente os eventos de moda", explica Luciana.

Nas tinturas para o Verão 2008, vale quase tudo. Menos cores frias como o preto e os loiros acinzentados. "A tendência é que os cabelos fiquem mais claros no verão, mas tudo tom sobre tom. O efeito iluminado, como se os cabelos estivessem queimados de sol, as pontas mais claras e as cores quentes são os destaques", explica o cabeleireiro Mauro Freire, de São Paulo.

Para conseguir o efeito iluminado natural, é preciso fazer luzes em degradê, sem marcação da raiz, que fica mais escura do que as pontas.

Quem não saía de casa sem passar chapinha nos cabelos, pode festejar. Na próxima estação, os fios esticados perderão a vez para os cabelos naturais e descompromissados. De acordo com Freire, o verão não definiu um só estilo para estar em alta, mas todos aqueles que respeitam a identidade de cada mulher.

A idéia é se libertar das amarras e aceitar o seu cabelo como ele é, ao natural. Liso ou enrolado, no verão é preciso estar livre para entrar no mar ou na piscina. Ficar presa sem poder fazer nada porque não quer estragar a chapinha não é uma boa atitude. "Cabelos pesados e sem movimento não estão com nada. Neste ano temos mais loucuras, mais cores e muito mais ousadia nas cabeças antenadas", destaca Freire.

No comprimento também não existem regras. "O verão tende a encurtar os fios, mas o importante é naturalidade e o despojamento do corte feito com muitas pontas, bem desfiado", afirma o profissional.

Já nos penteados, se destacam os rabos-de-cavalo, que aparecem acompanhados de franjinhas de diversos comprimentos e quantidade de fios. O cabeleireiro também sugere o uso dos palitos japoneses para prender as madeixas e refrescar a nuca no calor, e conclui: "Neste verão, opte pela bagunça! Esqueça a chapinha e a escova progressiva. Os cabelos que estarão em alta são aqueles que têm personalidade", diz.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas