Emoções influenciam nossa saúde

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Emoções influenciam nossa saúde

Pessoas que têm dificuldades de relacionamento acabam comprometendo sua saúde física e emocional. Já existem trabalhos especialmente focados para ajudar pessoas que somatizam as emoções, causando problemas - às vezes sérios - à saúde.

Jael Coaracy é uma especialista no assunto. Terapeuta, ela tem formação em Coaching Sistêmico e em Coaching Integrado, pelo Integrated Coaching Institute. É master pratitioner em programação neurolinguística e tem formação em hipnose Ericksoniana.

Ela parte de uma visão sistêmica da saúde - em que corpo, mente e emoções interagem e se influenciam todo o tempo - para ajudar seus clientes a resolverem dificuldades nos relacionamentos que interferem em bem estar.

Namoros complicados, casamentos em crise, insegurança, ciúmes, indecisão, infidelidade, solidão, entre outros são questões abordadas por ela. Jael Coaracy busca produzir ação para obter resultados.

Desta forma seus clientes mudam padrões de comportamento que não estão funcionando.

A importância desse trabalho pode ser comprovada por uma descoberta de cientistas americanos da Universidade de Rochester, nos Estados Unidos. Eles criaram uma nova ciência chamada Psiconeuroimunologia. Essa ciência evidenciou a influência e a grande ligação entre o Sistema Imunológico e o Sistema Nervoso Central das pessoas. Ou seja, fatores como crenças, comportamentos e relacionamentos influenciam em nosso estado de saúde. O desequilíbrio em um dos dois sistemas pode produzir doenças.

A ciência, igualmente, vem concluindo que a grande maioria dos distúrbios de saúde são de origem psicossomática. Sejam deficiências imunológicas, alergias, e toda sorte de infecções. Doenças psíquicas, como fobia, síndrome do pânico, transtornos adaptativos e por estresse também têm origem na forma como a mente processa as informações recebidas do meio ambiente.

Jael acredita que podemos controlar nossas emoções, evitando, assim, o aparecimento de doenças e tendo uma melhor qualidade de vida. O segredo é "não se deixar dominar por elas é desenvolver a auto-consciência". Confira a entrevista que o Cyber Diet fez com a especialista.

Entrevista com Jael Coaracy

Como podemos controlar nossas emoções e evitar o aparecimento de doenças para ter uma melhor qualidade de vida?

O passo número um para controlar as emoções e não se deixar dominar por elas é desenvolver a auto-consciência. Uma pessoa atenta aos seus processos internos pode desenvolver a habilidade

de escolher suas atitudes diante das circunstâncias. Não temos controle sobre o que nos acontece, mas podemos controlar nossas emoções e atitudes diante de qualquer acontecimento. Como? Através dos pensamentos que alimentamos e permitimos que se enraízem em nossas mentes, geramos emoções correspondentes.

Como manter um equilíbrio mínimo diante desses problemas a ponto de resguardar a nossa saúde?

Se não é possível evitar que um pensamento de desânimo, dúvida etc surjam na mente, cabe a cada um não permitir que esses pensamentos negativos se fixem. É simples assim: cada vez que um pensamento ruim vier à mente, substitua-o por outro, positivo.

Como assim?

Por exemplo: ao perceber que está pensando no passado, lamentando o que não fez em direção às emoções geradoras da frustração e da depressão, mude o foco. Em vez de pensar no que não fez, coloque atenção em tudo o que pode fazer de agora em diante. Pratique a aceitação do que já foi e perdoe o passado. Isso impede que as emoções negativas se reproduzam abrindo espaço para o desequilíbrio e as doenças. O exercício da consciência da qualidade dos seus pensamentos é poderoso e transformador.

Como se posicionar nessas situações de crise para evitar as doenças mencionadas?

Em situações de crise você pode escolher como se posicionar diante do que está vivendo. Pode lamentar e se colocar no papel da vítima, entregando seu poder para as circunstâncias. Pode, também, escolher fazer da crise a oportunidade de dar uma virada na vida. Descarte aquilo que não funciona para você e aprenda com as suas experiências.

Como superar os problemas?

Para superar obstáculos e dificuldades, mantenha o foco no momento presente. Uma crise é sempre temporária. Cabe a você não multiplicá-la e interromper as atitudes equivocadas produzidas no "modo automático". Cada um de nós é o estrategista da própria vida. Se algo não está bom para você e não está trazendo os resultados que desejava obter em sua vida, perceba o que pode aprender com isso.

E quando a sensação de fracasso se sobrepõe aos sentimentos?

Não existem fracassos, apenas resultados. Se não está obtendo o que deseja, mude seus pensamentos, suas ações e faça diferente. Isso permitirá que alcance seus objetivos. Ninguém é vítima de ninguém, tampouco de qualquer situação. Todas as suas experiências podem ser utilizadas para o seu crescimento e na direção da sua auto-realização.

Qual a sua dica para quem está passando por problemas do gênero?

Exercitando seu poder pessoal e fazendo a sua parte, tudo vai dar certo.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas