Entenda sobre a celulite

Entenda sobre a celulite

"90% das mulheres têm celulite" - palavras do Dr. Franz Barea. Mas o que é este pequeno mal que incomoda tanto, tantas mulheres?

A resposta para esta pergunta foi: "a celulite, também chamada de lipodistrofia genóide, é uma alteração do tecido conjuntivo gorduroso caracterizada por nódulos e depressões subcutâneas provocando uma compressão dos vasos sangüíneos e linfáticos que dificulta a nutrição celular e favorece o acúmulo de toxinas celulares que deveria ser eliminado através dos vasos linfáticos".

Traduzindo... A celulite é sim uma doença causada pela falta de oxigênio das células de gordura. Se a circulação do sangue não está boa, nada entra ou sai das células como deveria. No caso das células de gordura, é como se "sem ar" elas fossem enrijecendo e juntando-se umas às outras.

As áreas mais atingidas pela celulite são glúteos, coxas, cintura, abdômen, joelhos e braços. Os homens, geneticamente, têm menos tendência a esta doença, mas da mesma forma, os que abusarem do sedentarismo, do cigarro, do álcool e dos alimentos gordurosos podem desenvolvê-la.

A celulite não tem cura, mas pode ser amenizada e ficar praticamente imperceptível em alguns casos. Para isso é preciso avaliar em qual grau se encontra a doença, procurar um tratamento, mudar os hábitos alimentares e fazer exercícios físicos. Quanto mais destes itens estiverem associados, melhor será o resultado. Os benefícios não são apenas estéticos, mas vêm associados com a melhora do bem estar e da disposição para enfrentar o dia.

A primeira coisa a fazer, é descobrir de onde vem a celulite e, é aqui onde se inicia o exame médico e a avaliação dos seus hábitos. A doença pode ser genética ou resultado do seu estilo de vida ou, ainda, pode estar associada ao mau funcionamento dos seus hormônios.

Os tipos A celulite apresenta 4 graus:

Grau 1: Existe um acúmulo de gordura dentro das células adiposas provocando discreta deformidade na área afetada quando submetida à pressão. Neste grau não há alterações circulatórias.

Grau 2: Aqui, as células gordurosas encontram-se mais volumosas provocando alteração circulatória pela compressão dos vasos sangüíneos e linfáticos, acumulando toxinas. Este inchaço faz com que as alterações na pele já sejam visíveis e palpáveis, sem dor.

Grau 3: Caracterizada pelo maior volume das células gordurosas e alteração do tecido conectivo com aparecimento de nódulos subcutâneos já visíveis na superfície da pele (pele em casca de laranja). Estas alterações provocam o endurecimento do tecido gorduroso, maior deficiência circulatória e maior acúmulo de toxinas. Ela pode ser dolorosa quando apertada. O tratamento, nesta fase, é mais difícil, pode-se alcançar o segundo grau, onde a celulite fica mais disfarçada.

Grau 4: Neste último estágio da celulite, existe uma completa desordem das células gordurosas e do tecido conectivo, ficando bastante endurecido e doloroso e, a circulação sangüínea já está bastante comprometida. Esse grau afeta mais as pessoas que já acumulam complicações de saúde como diabete e obesidade, mas ainda pode ser tratada e amenizada, melhorando a circulação na área afetada.

Os tratamentos

Para amenizar a celulite e fazer você desfilar o seu biquíni mais confiante, existem tratamentos médicos e estéticos. O Dr. Franz Barea recomenda "somar os procedimentos para ter resultados mais satisfatórios".

Mesoterapia

A preferida e a que dá mais resultado na opinião dos médicos. São injeções subcutâneas de enzimas que dissolvem os nódulos gordurosos, ajudando a desfazer as fibras que repuxam a pele.

Quem faz? Este tipo de tratamento deve ser exclusivamente feito por um médico.Quanto melhora? Pode trazer uma celulite grau 3 para grau 2 ou atenuar bastante as de grau 2. Para um bom resultado, indica-se de 10 a 12 sessões.

Drenagem Linfática

É uma massagem que ativa a circulação e o sistema linfático, fazendo com que a célula tenha mais facilidade em se livrar das toxinas e dos radicais livres. Ela drena o inchaço causado pela celulite em torno das células de gordura.

Quem faz? Geralmente um fisioterapeuta.Quanto melhora? Ativando a circulação o inchaço diminui e pode haver uma perda de medidas. Este tipo de tratamento fica potencializado se associado à mesoterapia, pois o que uma "quebra" a outra " joga fora". Fazendo uma limpeza mais eficiente. Deve ser feita uma vez por semana durante o tratamento.

Ultra-som

São ondas sonoras aplicadas localmente que desestabilizam a membrana da célula. Isto faz com que as células de gordura se rompam com mais facilidade.

Quem faz? Fisioterapeuta, médico ou esteticista.Quanto melhora? Este tratamento é indicado em conjunto com a mesoterapia, pois potencializa seu efeito e deve ser feito uma vez por semana durante o tratamento.

Aparelhos com Corrente Elétrica

São microcorrentes elétricas aplicadas localmente. O único porém: elas podem causar dor.

Quem faz? Geralmente uma esteticista.Quanto melhora? Atenua a celulite de graus 1 e 2 e a gordura localizada, tonificando em grau leve os músculos. Indica-se de 2 a 3 sessões por semana.

Endermologia

É um aparelho que massageia profundamente a gordura, formando vácuo e, através da pressão, dissolve os nódulos de gordurosos e realiza drenagem linfática.

Quem faz? Fisioterapeuta ou esteticista.Quanto melhora? Atenua a celulite e, ao fazer as células dissolverem e desinchar, diminui medidas. Recomenda-se de 1 a 2 meses de tratamento com 2 ou 3 sessões por semana.

Infra-Vermelho

Queima gordura localizada.

Quem faz? Geralmente uma esteticista.Quanto melhora? Desincha, diminuindo medidas. Por queimar gordura, atenua a celulite que nada mais é do que um aglomerado de células de gordura "doentes".

O que ajuda?

Se você já assumiu a sua celulite e quer fazer algo a respeito - mesmo que não possa iniciar os tratamentos por serem um pouco salgados para o bolso - existem pequenas mudanças que podem ajudar muito.

"Exercício físico é medicação constante", orienta Dr. Franz Barea.

Todo tipo de exercício físico, até mesmo a caminhada, ativa a circulação, melhorando a irrigação das células de todo o organismo e, principalmente, aquelas células gordurosas que estão sofrendo por falta de oxigênio. Além disso, a atividade física fará com que ganhe massa muscular, diminuindo a quantidade de gordura corporal.

A alimentação balanceada também é uma grande aliada, pois o organismo deixa de armazenar o excesso de energia que se transformará em gordura.

Tomar bastante água é importante, pois ajuda a diminuir o processo de oxidação celular e os radicais livres, tornando a "faxina" feita durante a circulação mais eficiente.


Já os cremes ajudam, mas em menor escala. Usá-los em associação com algum dos tratamentos citados ou somando-os à dieta e aos exercícios, irão trazer bons resultados. A pele ficará mais firme e mais lisinha e você aprenderá na prática o que o exercício e a reeducação alimentar podem fazer por você.

Seguindo alguns cuidados ou tratamentos, você pode ir gradualmente atenuando a celulite e, de quebra, sumindo com a gordura localizada e os culotes. Ninguém está falando em uma mudança radical, mas aos poucos o hábito de comer bem e fazer exercício fará com que você saia ganhando em estética e em qualidade de vida.

Comente

Últimas