Envelhecimento da pele das mãos

Envelhecimento da pele das mãos

Além de cuidar da aparência do corpo e do rosto, é preciso também atenção especial às mãos. Se não tratadas com cuidado, podem denunciar a idade que você batalha tanto para esconder.

Vítimas de mudanças bruscas de temperatura e de agentes agressores que podem afetar a maciez, elas não podem contar com uma cirurgia plástica para reparar a ação do tempo. Mas alguns tratamentos agem de maneira certeira para minimizar manchas, rugas e flacidez.

O principal fator de envelhecimento das mãos é a foto-exposição. Segundo a dermatologista Fábia Martins, da Clínica Dicorp, do Rio de Janeiro, o sol é o principal responsável pela destruição das fibras de colágeno, tornando a pele flácida e sensível. "Mas atividades laborativas que afetam a pele, como de cabeleireiros e artesãos, assim como produtos cáusticos e o cigarro, também podem formar outros tipos de manchas, além de ressecamento", afirma.

A melhor maneira de prevenir é utilizar filtro e bloqueador solar. "Luvas também devem ser usadas, dependendo da intensidade da exposição", diz a médica. Ela lembra ainda que, quanto mais clara a pele, mais suscetível está de apresentar alterações. "Podemos ver os sinais de envelhecimento também associados ao emagrecimento intenso e alimentação pobre em nutrientes", completa.

"O principal fator de envelhecimento das mãos é a foto-exposição. Segundo a dermatologista Fábia Martins, da Clínica Dicorp, do Rio de Janeiro, o sol é o principal responsável pela destruição das fibras de colágeno, tornando a pele flácida e sensível."

Quando o assunto é flacidez, as mãos contam com o avanço da cosmetologia. "Temos cremes hidratantes, ativos que formam uma película protetora, ácidos e despigmentantes associados a fotoprotetores, todos altamente absorvidos pela pele", lista.

Segundo ela, procedimentos como preenchimentos, volumizadores, rádio-frequência, CO2 fracionado, pixel, luz pulsada, peelings químicos, peelings de cristal ou diamante e hidratações também ajudam.

Fábia lembra que a saúde e os hábitos de vida são determinantes na aparência da pele. E indica que, a partir dos 25 anos já é possível ver os sinais do tempo (e do sol) em profissionais que se expõe mais, com surfistas, carteiros ou trabalhadores rurais.

Entre os tratamentos para remoção de manchas e estimulação da produção de colágeno e elastina há o laser que atua por meio de luz pulsada, tratando a pele com ação térmica específica, levando a formação de uma nova camada celular. "Em apenas duas sessões é possível ver um bom resultado, com a pele rejuvenescida", diz a médica Ellen Antunes, especialista em Medicina Estética. Em média, uma sessão pode custar R$ 450.

Comente

Últimas