Falta de vitaminas causa doenças e até mortes!

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Falta de vitaminas causa doenças e até mortes

Uma pesquisa realizada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef) e pela Iniciativa por Micronutrientes concluiu que a falta de vitamina A precipita anualmente a morte de 4 mil crianças no Brasil.

Impressionante também é saber que o país aparece na listagem com deficiências significativas de ferro em crianças com menos de 5 anos (45%) e em mulheres de 15 a 49 anos (21%).

Por conta disso, 880 mortes acontecem por ano em decorrência de anemia severa. O estudo diz ainda que deficiências no suprimento de iodo no Brasil provocam o nascimento de 280 mil pessoas por ano com deficiência mental.

Como comprova a pesquisa, a falta de uma alimentação adequada pode levar a sérios

problemas de saúde.

E a resposta para isso é a alimentação balanceada desde a infância.

"Nutrição saudável na infância previne obesidade, doenças cardíacas, diabetes, distúrbios metabólicos e do crescimento e ajuda no rendimento escolar", afirma o pediatra e nutrólogo Mauro Fisberg, autor do recém-lançado livro Atualização em Obesidade na Infância e Adolescência, pela Editora Atheneu.

Dentre estes fatores, a obesidade também conta com números expressivos. Só em São Paulo, entre 25% e 30% dos adolescentes apresentam sobrepeso ou obesidade. O problema deve ser combatido desde a infância, com o acompanhamento dos próprios pais, que devem prezar e dar exemplo consumindo alimentação balanceada diariamente.

"A criança não deve apenas aprender sobre o valor nutritivo dos alimentos, mas deve encontrar no prato o que estudou", afirma Fisberg. "Comer bem e com prazer não é sinônimo de comer em volumes exagerados e sim balanceadamente", explica. Cabe aos pais o papel de orientar, zelar e muitas vezes enrijecer a educação. Só assim eles estarão trabalhando concretamente para a saúde de seus filhos.

   

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas