Hidrate seu rosto com o produto certo!

Saiba qual o hidratante indicado de acordo com a sua pele

Hidrate seu rosto com o produto certo

Você sabe como hidratar corretamente o seu rosto? Com a enorme variedade de produtos disponíveis no mercado de cosméticos fica até difícil saber qual é o mais apropriado para o seu tipo de pele.

De acordo com o dermatologista Dr. Guilherme Szerman, da ClinicadePele.com, a hidratação é um dos cuidados mais importantes que devemos ter com o rosto. "Quando saudável a pele apresenta um aspecto brilhante e de plasticidade", observa.

O dermatologista da Clínica Volpe, de São Paulo, Dr. Jardis Volpe ressalta: "Sem hidratação a pele não consegue se renovar adequadamente e se torna mais áspera e com propensão a formação de rugas".

Primeiramente é importante saber qual é o hidratante apropriado para o seu tipo de pele. Os dermatologistas destacam as principais características que devem ser levadas em conta. Quem sofre com cútis seca deve dar preferência para máscaras com ativos de ureia ou manteiga de karité. "Esses cremes formam uma espécie de barreira de óleo na derme e assim evitam a perda de água da mesma", explica Dr. Szerman. Outra dica é usar sabonetes cremosos para lavar o rosto.

Para as oleosas o Dr. Volpe recomenda hidratante de textura leve. Para quem tem este tipo de pele o mais recomendável é optar por máscaras para o controle da oleosidade de preferência à base de argila. O dermatologista da ClínicadePele.com tem uma dica: "Na hora de lavar o rosto, faça isso com água fria ou morna, pois a água quente estimula ainda mais a produção de gordura na pele, gerando ainda mais oleosidade".

Para as peles normais a recomendação da dermatologista Dra. Mônica Felici da clinica Splendore, de Campinas, São Paulo, são emulsões hidratantes com ureia, lactato de amônia e ceramidas. Produtos compostos por ácido hialurônico, em forma de silicone e sabonetes em gel ou líquido, também são recomendados.

Saber como escolher o produto ideal é outra parte importante do processo. Dr. Volpe explica que existem três categorias de hidratantes: os oclusivos, que formam um filme na pele para não deixá-la perder água para o meio ambiente; os umectantes (contêm ativos capazes de absorver ou ajudar outra substância a manter a umidade) e os emolientes (amacia e suaviza a pele).

"Qualquer hidratante que tenha propriedades não-comedogênicas (que não causem acnes) pode ser usado para hidratar a pele com acne. Gosto muito do ácido linoleico e do pentavitin como ativos hidratantes, que podem ser incorporados em sérum de leve textura", explica.

"Peles oleosas combinam com hidratantes em forma de sérum, loção ou gel que têm menos óleo na formulação. Já as cútis secas necessitam de produtos em creme, que têm fórmula mais oleosa", esclarece Dr. Szerman. "Peles mistas ou normais podem investir em hidratantes formulados em gel ou gel-creme, livres de óleo. Assim, evita-se o ressecamento e também o excesso de oleosidade", completa.

Os dermatologistas são unânimes ao dizerem que o creme hidratante facial deve ser usado duas vezes ao dia. "Pela manhã, antes do protetor solar e a noite, depois do banho", recomenda Dra. Mônica Felici. "Ao observar sinais de ressecamento, como aspereza, descamação e/ou sensação de repuxamento o uso do hidratante deve ser reforçado", acrescenta Dr. Volpe.

Cuidado! Não use cremes noturnos durante o dia. Estes produtos podem conter ácidos que ao serem expostos ao sol provocam lesões na pele.

Dr. Szerman tem uma última dica: "Pele sem vida pode ser reflexo de uma alimentação deficiente de determinados nutrientes. Para garantir saúde e beleza à pele é necessária uma alimentação diária saudável e balanceada, que inclua, sobretudo, fibras, água, vitaminas e minerais e nutrientes que proporcionem a ela integridade, elasticidade e brilho".

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: beleza pele creme hidratante rosto acne

Últimas