Ildi Silva

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Ildi Silva

Morena, dona de belos olhos verdes e de cachos que a deixam ainda mais sensual, a modelo e atriz Ildi Silva chama atenção por onde passa. Com 1,68 metro de altura e 57 quilos, ela mantém a forma com o seguinte lema: Não passar vontade, mas também segurar a onda depois que exagerar.

Quando o assunto é atividade física, a atriz baiana surpreende. "Sou uma pessoa muito preguiçosa, mas sei da importância da atividade física para a saúde", diz. Por este motivo, quando possível a morena caminha na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, ou na academia.

ENTREVISTA AO CYBER DIET Antes de ser atriz você era modelo. A preocupação com a alimentação era maior?

Acredito que seja a mesma coisa. Sempre comi de tudo um pouco, mas de olho na quantidade. Adoro muitos pratos pesados da minha terra, como acarajé, vatapá e outras delícias. Sempre que tenho oportunidade, vou a restaurantes baianos.

Em razão desses abusos, já teve problema com a balança?

Não. A sorte também é que não tenho tendência para engordar. Outra coisa que me ajuda é que tenho o seguinte lema: Não passar vontade, mas também segurar a onda depois que exagerar.

E tem algum prato que não resiste de maneira nenhuma?

Amo doces. Quando tenho vontade, raramente consigo me controlar. Com certeza este é meu ponto fraco. Por outro lado, quando me entrego a um brigadeiro, no dia seguinte a sobremesa é abacaxi.

Mas você não faz algum controle especial ou evita algum alimento?

Procuro não comer alimentos gordurosos. Dou preferência a pratos leves, como salada e sopa.

E na cozinha, você faz feio?

Sei preparar algumas coisinhas. Posso dizer que me viro, mas prefiro que os outros cozinhem.

Os exercícios físicos também te ajudam a manter a forma?

Sou uma pessoa muito preguiçosa, mas sei da importância da atividade física para a saúde. Quando dá, caminho na Lagoa Rodrigo de Freitas, no Rio de Janeiro, ou na academia. Não gosto de musculação. Em razão disso, faço apenas exercícios aeróbicos, como esteira ou bicicleta. Quando vou uma ou duas vezes já me dou por satisfeita.

E com relação à beleza, você é uma pessoa vaidosa?

Um pouco. Gosto de me sentir bem e confortável. Não sou daquelas mulheres que fariam tudo pela beleza, mas tenho meus cuidados.

Gosta de maquiagem?

Durante o dia, uso algo transparente e sem muito brilho. À noite, prefiro os acobreados ou rosados, sempre cremosos. Às vezes, aposto em um efeito cintilante. Como trabalho com a imagem, fica complicado sair de casa sem nada, mas procuro deixar sempre bem natural.

Até bem pouco tempo, você usava cabelos cacheados. Para interpretar Yvone em Paraíso Tropical, da TV Globo, cortou e alisou. Gostou do resultado?

Curti muito. Afinal de contas, usei 24 anos cabelo enrolado. Me senti mais séria. Talvez pela personagem. Normalmente sou muito moleca. Em uma grande empresa, as secretárias têm que ser monocromáticas. Meu cabelo enrolado não funcionaria.

O novo visual exigia que você fosse várias vezes ao cabeleireiro?

Tinha que ir duas vezes por semana para lavar e escovar os fios. Na primeira semana, várias pessoas não me reconheceram. Fui assistir a uma peça de teatro e amigos passavam sem falar comigo. Prefiro os cabelos enrolados. Sempre temos mais opções. Os cachos passam uma coisa mais sensual, mais brasileira, têm ginga. Cabelo liso é mais normal, todo mundo tem.

Com o cabelo enrolado, você faz mais sucesso?

Acredito que chama mais a atenção. Exatamente por ser diferente. [risos]

Você fez um ensaio sensual recentemente. Teve dificuldades?

Quando faço um ensaio sexy, incorporo uma personagem e vou em frente. Desta forma, não me sinto tão constrangida.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas