Luisa Mell

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Luisa Mell

Acredite se quiser: a apresentadora Luiza Mell já foi gordinha na adolescência. Por conta disso não abre mão de uma boa alimentação e de cuidados com o corpo

Comer alimentos saudáveis para equilibrar 53 quilos em 1,65 de altura faz parte da rotina da defensora dos animais do programa "Late Show", da Rede TV!

Em entrevista ao Cyber Diet, a apresentadora conta que não come carne desde os 13 anos: "Sou vegetariana mesmo!"

ENTREVISTA AO CYBER DIET Você engordou nos últimos meses. Foi um descuido ou foi natural?

Eu passei por uma mudança na minha vida profissional e pessoal. Eu descontava a minha ansiedade na comida. Com isso acabei engordando sete quilos.

O que está fazendo para perder peso e voltar a sua antiga medida?

Eu já fui gorda na adolescência, com dez quilos a mais do que peso hoje, e sofri muito para emagrecer. Por sorte, aprendi a fazer dieta sem me matar. O segredo é comer tudo de que gosto, mas não todos os dias. Eu me alimento basicamente de iogurte desnatado, queijo branco, pão integral, ovos, legumes e saladas, além de muita água-de-coco.

Foi com esta mesma dieta que você emagreceu na adolescência?

Mais ou menos. Quando eu entrei para a televisão eu queria emagrecer tanto que não conseguia comer. Também tive alguns problemas que me deixaram triste e acabaram contribuindo para o meu emagrecimento. Mas para manter a forma eu procurei uma nutricionista que me passou esta dieta.

Você tem algum hábito alimentar?

Eu sou vegetariana. Aos 13 anos parei de comer carne vermelha porque não me fazia bem. Frango e peixe eu parei por ideologia de vida mesmo.

Os exercícios físicos também ajudaram a manter a forma?

Eu adoro fazer musculação. Faço pelo menos três vezes por semana cerca de duas horas. Já da parte aeróbica eu fujo um pouco.

Você se considera uma pessoa vaidosa?

Sou vaidosa dentro do limite da saúde. Me cuido, mas nada exagerado. Pela manhã, aplico um creme receitado pela minha dermatologista. À noite faço questão de retirar a maquiagem, por mais que esteja cansada, e de aplicar um creme para evitar o envelhecimento da pele. Outro cuidado imprescindível é nunca tomar sol sem antes aplicar uma dose generosa de protetor solar. Além disso, eu não abro mão da drenagem linfática, que é uma massagem que ajuda a eliminar o excesso de líquidos e as toxinas que causam as celulites.

Já fez alguma cirurgia plástica para correção estética?

Em 2001 decidi fazer uma lipoaspiração na barriga. Sempre fui corajosa e para enfrentar a cirurgia não foi diferente. Procurei o doutor Leonard Bannet e falei que queria fazer a lipo. Nos três primeiros dias correu tudo bem, mas depois parecia que tinha sido atropelada por um caminhão. Doía demais e cheguei a me arrepender de ter feito. Minha mãe me ajudou bastante e depois de uma semana já estava tudo bem. Eu usei uma cinta elástica por dois meses e fazia bastante drenagem linfática para desinchar.

Além das "gordurinhas", outra coisa também te incomodava?

O pouco volume dos meus seios. Na minha fase gordinha eu era muito peituda. Tanto é que todos falavam e olhavam. Parecia que só eu no mundo tinha peito. Depois que emagreci, eles diminuíram consideravelmente. Aí aproveitei os dias de carnaval e, em fevereiro do ano passado, coloquei 150ml de silicone em cada mama. O pós-operatório foi um pouco mais complicado. O silicone era muito duro e eu não queria ficar com o peito parecendo uma pedra. Depois de certo tempo, ficou tudo normal. Agora eu aposentei o meu sutiã com bojo e estou melhor no vídeo.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas