Maria Cândida

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Maria Cândida

Jornalista há 11 anos, ela está na televisão há pelo menos oito. E, como TV engorda, Maria Cândida não podia deixar de ter preocupações nesta área. Apesar de ser uma adolescente com peso normal, a rotina do trabalho, estresse e falta de tempo fizeram com que ela engordasse além da conta. O que ela fez? Aprendeu a se alimentar corretamente.

ENTREVISTA AO CYBER DIET

Você eliminou mais de 10 quilos. Como foi o processo de emagrecimento?

Eu perdi isso faz mais de dois, três anos. Nunca fui gorda, sempre tive tendência para engordar. O que é diferente.

Como adquiriu esse peso extra?

Chegou uma época de tanto trabalho, estresse e lanches ao invés de refeições, que eu cheguei a 66 quilos. Hoje peso 58 kg. Sou grandona, não nasci para ser um palito... É uma questão de estrutura. Percebi que não posso passar de um peso e quando eu me aproximo de 60 quilos, faço dieta mais rígida.

Como faz hoje para manter?

Aprendi a me alimentar corretamente. Se eu como muito em um dia, comerei pouco no outro. Emagrecer e engordar é uma questão simples: quanto entra e quanto sai do seu organismo. Se você faz exercícios é melhor ainda, porque acaba queimando o excesso. Eu faço esteira, bicicleta, um pouco de musculação, três vezes por semana. Gostaria de estar mais firme na ginástica. Mas viajo muito, o que dificulta a organização do meu dia-a-dia.

Tem acompanhamento de um nutricionista?

Não tenho acompanhamento de nutricionista. Sei o que engorda e o que não engorda. Sei que devo comer muita salada, legumes, frutas... Como carne vermelha raramente... E quase nada de fritura. Meu problema são os doces, que tento driblá-los durante a semana. No domingo, são liberados.

Você sempre teve problemas com a balança?

Não. Eu sempre fui uma adolescente no peso certo, nem muito magra, nem gorda... Só engordei nesta época de trabalho excessivo.

Você é muito gulosa?

Acho que não... Comida para mim não é motivo para sair de casa e me divertir. Por exemplo, não vou ao cinema e como pipoca. Não preciso ficar mastigando o tempo todo. Mas gosto de saborear uma boa torta mousse de chocolate ou de limão.

Que tipo de culinária é a sua predileta?

Não curto comidas exóticas, apesar de ser super aventureira. Não sou muito de carne vermelha.

Qual o prato que dá água na boca e faz você até se esquecer das calorias?

Não sou super fã de salgados. Prefiro uma torta mousse de chocolate, por exemplo.

Você cozinha? Quais suas especialidades?

Não. Só faço sanduíches e saladas. Tenho uma pessoa que cozinha para mim.

Que tipo de tratamento estético você faz para manter a forma? Qual seu ritual diário de cuidados com a beleza?

Limpeza de pele no Jacques Janine, shopping Eldorado, todo mês. Cuida da pele com a Dra. Ana Lúcia Récio que me dá o hidratante certo e os produtos para limpeza da pele de manhã e à noite. Faço drenagem linfática uma vez por semana.

Treina com personal trainer? Por quê?

Treinava. E foi maravilhoso. Mas agora, como viajo muito mais, acabo perdendo muitas aulas. Estou tentando manter sozinha. Quero emagrecer uns 4 quilos até o meio do ano e vou pegar firme na malhação.

É difícil manter uma rotina correta de alimentação e malhação?

É. Preciso ser a Mulher Maravilha. Tento fazer a ginástica bem cedo para que eu consiga me organizar com as tarefas do dia. Quando viajo, faço na academia do hotel. Mas, nos dias em que pego avião, com jet leg na cabeça quando volto, acabo furando tudo. Fico muito cansada nas viagens. Vou muito a Los Angeles, onde entrevisto atores e diretores de cinema.

Já fez alguma cirurgia plástica para correção estética? Quando e qual tipo? Como se sentiu?

Coloquei 190 ml de silicone nos seios, com o Dr Pedro Albuquerque, que é um dos melhores médicos de São Paulo. Se eu não falasse, ninguém perceberia que eu tenho silicone de tão natural. E fiz lipo na gordurinha perto da cintura. Não achei que tirou o suficiente, já que ainda tenho essa maldita gordura localizada.

Qual, na sua opinião, é o caminho para quem quer emagrecer e conquistar o corpo ideal?

Gostar de si mesmo, entender que não deve comer porcarias, ingerir toxinas, maltratar o corpo, que é o nosso santuário. Primeiro, a cabeça deve estar no lugar. O resto é conseqüência. Temos também que aceitar nossos limites e nossas imperfeições. Tem muita gente gorda que não tem celulite, por uma questão genética, e eu tenho. O que fazer? Tentamos melhorar. Mas ninguém é perfeito em tudo.

Quais os planos para o futuro?

Ter o meu programa de cinema. Estou negociando com o SBT e com uma TV a cabo. Por enquanto, faço todas as entrevistas internacionais de cinema para o SBT. Saí do Domingo Legal e hoje só produzo cinema para eles. O que me deixou com mais tempo para estudar e me dedicar a essa área que eu adoro.

Continuar mantendo a minha saúde mental, ser feliz e aproveitar o que Deus me deu de mais importante: a vida e toda essa enorme energia para ultrapassar as barreiras, as dificuldades e as decepções que enfrentamos em muitos momentos.

Em uns dois anos, quero ter um filho. Para mim, a família é meu bem mais importante. Amo meu marido e a minha vida com ele. Se um dia eu vender laranjas na feira, mas estiver feliz com a minha família unida, pode crer que eu estarei bem. Fama e poder não existem. É como na Matrix. Um dia você é uma estrela, no outro, você não é nada. Você só teve a ilusão de ter todo o poder nas mãos. É por isso que busco cultivar outros valores e estar ciente do que estou fazendo no planeta Terra e amar muito as pessoas que realmente são amigas e companheiras.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas