Não deixe o inverno prejudicar sua pele

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Não deixe o inverno prejudicar sua pele

Se por um lado o inverno é a estação preferida de algumas mulheres, por outro é caótico para muitas delas. Ainda mais quando o assunto é o cuidado com a pele durante a temporada mais fria do ano. Mas é possível passar pelas baixas temperaturas sem sofrer com ressecamentos, descamações ou tendo de abrir mão de um bom banho quente.

Para a dermatologista Ligia Kogos, de São Paulo, em vez de nos queixarmos do frio, devemos aproveitar a estação para tratar da pele, cabelos, mãos e pés. "Nessa época do ano, a pele parece pedir hidratante, sabonetes mais suaves, cremes com maior poder de lubrificação e proteção. Sente-se falta de algo emoliente nos lábios, para evitar que rachem. Para as mãos, especificamente para quem tem de lavá-las com freqüência, além de sabonetes líquidos hidratantes, cremes especiais reaplicados após as lavagens dão grande sensação de conforto e bem-estar", avalia.

Pensando nisso, o Cyber Diet ouviu especialistas e preparou uma lista de recomendações e cuidados que devem ser adotados no inverno para a manutenção de uma pele bonita. Confira:

Tipo de pele

Peles lisinhas, de poros fechados, sem cravos e nem espinhas tendem a ressecar mais com o frio. "São as peles normais e secas que requerem sabonetes e cremes de limpeza suaves, cremes hidratantes de dia e nutritivos à noite", diz Ligia Kogos.

Já as peles com poros dilatados, com tendência a cravos e espinhas, podem piorar com cremes oleosos. Foi o que acorreu com a cabeleireira Aline Palopoli, 27 anos. "Eu comprava o produto mais cheiroso da loja e não me atentava aos componentes. Minha pele ficou ainda mais oleosa e com espinhas", conta.

Segundo a dermatologista, nesses casos a limpeza diária deve ser caprichada, com sabonetes e loções adstringentes, mesmo que, na hora, causem sensação de pele "repuxada". "É preciso a aplicação de hidratante suave, assim como cremes noturnos à base de Vitamina C e ácidos suaves", recomenda Ligia.

Cuidados na hora de escolher produto

Os hidratantes para dia devem conter filtro solar, mesmo durante o inverno, para que a proteção seja completa. "O sol é um dos mais importantes fatores de desgaste e envelhecimento precoce da pele. A presença de silicone, uréia, alantoina, pantenol e ceramidas nas formulações confere a proteção extra contra ressecamento e asperezas", explica a dermatologista Adriana Leite, também de São Paulo.

Para ela, as pessoas de pele oleosa devem procurar produtos livres de alguns tipos de óleo. "Silicones (dimethicones) e produtos similares formam películas protetoras, os chamados 'filmes protetores', que impedem a excessiva perda de água pela pele. Óleo de avelã, macadâmia e germe de trigo, presentes nos ingredientes ativos de hidratantes para o corpo, são muito agradáveis e potentes. Cremes para mãos e pés com ácido glicólico hidratam e tiram as asperezas e calosidades. Podem ser usados também em joelhos e cotovelos ásperos", diz.

A engenheira Carolina Monteiro, 31 anos, já gastou cerca de R$ 100,00 em uma loja com produtos de beleza e não obteve resultados. "Eu adoro me 'lambuzar' de cremes. Passo todos os dias depois do banho. Mas só comecei a perceber que os produtos não faziam bem para a minha pele quando procurei uma dermatologista e ela me informou exatamente o que eu precisava passar. Agora, utilizando os produtos corretos, notei que não importa a qualidade, mas a composição certa", analisa.

Maquiagem

No frio, normalmente acordamos pálidos e com olheiras pronunciadas. Segundo a especialista Adriana Leite, basta lavar o rosto com água quente para que a vasodilatação decorrente torne a pele mais rosada e viçosa, apagando parcialmente as olheiras.

"Se você gosta de maquilagem ou tem vontade de experimentar, esse é o momento certo. Estamos romanticamente mais claras e pálidas nesta estação. Um blush, corretivo, batom e rímel farão de você uma diva em cinco minutos", garante a dermatologista.

Para proteger os lábios das rachaduras, o aconselhável é protetor em forma de batom incolor, que contenha óleo, umectante e silicone. "A boca fica bonita, saudável e bem natural. Também não se deve esquecer que a radiação ultravioleta continua agindo no inverno. Por isso, passe filtro solar FPS 12 no dia-a-dia, em forma de hidratantes leves", aconselha Adriana.

Banho

A dermatologista Ligia Kogos é a favor do banho quente e o considera um dos prazeres da vida. "Para não ressecar demais a pele, é só ter um cuidado especial com sabonetes, preferindo aqueles à base de glicerina e óleos lubrificantes. Se puder tapar o escape da água no chão do box, deixando seus pés mergulhados na água quente que corre, dores, cansaço e pele áspera dos pés irão logo embora", afirma.

E para obter um relaxamento com sensação de descanso e renovação, a indicação é jogar algumas gostas e essência de eucalipto nas paredes e no chão do box durante um banho quente. "Usar um hidratante à base de uréia e silicone, pelo menos nas pernas e braços logo após o banho, resolve grande parte do problema de ressecamento no inverno. Para os homens, que muitas vezes não gostam de passar cremes, há a alternativa de usar óleo de banho no corpo, antes de entrar no chuveiro, e, então, tomar banho normalmente: um pouco desse óleo permanece evitando o ressecamento", explica Ligia.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: beleza maquiagem pele banho temperatura produto

Últimas