O ABC da Acupuntura

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
O ABC da Acupuntura

A técnica oriental vem ganhando cada vez mais adeptos e aliviando muitas dores. Desvende as dúvidas mais comuns sobre o método.

O que é acupuntura?

É um antigo método terapêutico chinês que se baseia na estimulação de determinados pontos do corpo com agulhas, a fim de restaurar e manter a saúde.

Para que serve?

Visa restabelecer a circulação da energia (Chi) nos canais de energia e dos órgãos e das vísceras e, com isso, levar o corpo a uma harmonia de energia e de matéria.

Quando procurar um acupunturista?

Sempre, não somente para tratamento de doença, mas como de uma maneira preventiva. Pois é o recurso terapêutico mais conhecido da medicina tradicional chinesa no Ocidente, promovendo o equilíbrio, a harmonização, o fortalecimento dos órgãos e do corpo.

É permitido misturar outros tratamentos com a acupuntura?

Sim. A acupuntura, dentro da Medicina Tradicional Chinesa, vê o ser humano de uma maneira global. O universo e o ser humano estão submetidos às mesmas influências, sendo partes integrantes do universo com um todo.

E, nessa visão global de integração Natureza - ser Humano, todas as ciências são coerentes e concordantes entre si, todos os ramos do conhecimento humano partem ou confluem para o saber básico estruturando sobre os princípios da Filosofia Chinesa.

Existem efeitos colaterais da acupuntura?

Os pacientes sentem-se mais tranqüilos com agradável sensação de bem estar e leveza no corpo após uma sessão de acupuntura. Durante a aplicação das agulhas, podem ocorrer em pacientes ansiosos, medrosos ou cansados reações do tipo lipotimia, tontura, náuseas, obscurecimento da visão, suor frio, mãos e pés frios e até desmaios. Nessa eventualidade, deve-se parar de manipular as agulhas ou retirá-las. Após a sessão, pode haver os seguintes sintomas: dor no local da inserção, dor na mobilização muscular, mas que melhoram rapidamente.

Qual a freqüência do tratamento?

Geralmente uma vez por semana. Depende, sobretudo, da patologia a ser tratada. Algumas patologias podem ter a necessidade diária, como exemplo temos o Acidente Vascular Cerebral (AVC) em fase aguda.

Como a acupuntura age? É somente um analgésico?

Ela age a nível energético, humoral e neural. Em nível Energético, sobre os ZANG FU (órgãos) e CANAIS DE ENERGIA. Em nível Humoral, com a produção de substâncias, geralmente neuro-hormônios, neuro-transmissores e hormônios, que são secretados no sangue, por ação da acupuntura. Em nível Neural os estímulos que as agulhas desencadeiam nos diferentes receptores nervosos podem explicar os múltiplos efeitos observados, pois o sistema nervoso é específico em relação a via de condução dos estímulos e, conseqüentemente, as respostas também são específicas. Não é somente um analgésico. Tem efeito antiinflamatório, harmonizador dos órgãos e vísceras, para buscar o equilíbrio. Ativa a circulação de sangue nos membros inferiores e superiores.

Quais as possibilidades de curar e em que casos?

Por exemplo: uma pessoa com bronquite poderá ficar anos sem ter crise, fazendo sessões semanais. Porém, não podemos dizer que ela está curada e, sim, equilibrada, com seus pulmões tonificados.

Qual a preparação necessária antes e quais os cuidados após uma sessão? Não fazer acupuntura:

- Imediatamente após o ato sexual;

- Estando o paciente alcoolizado;

- Após as refeições;

- Paciente está emocionado (ansioso, nervoso, irritado, etc.);

- Paciente está cansado;

- Clima está turbulento (tempestade, trovões, relâmpago);

- Paciente está com sede ou em jejum;

- Após susto ou medo, deve-se esperar que o paciente se acalme;

- Após viagem ou caminhadas; o paciente deve repousar até normalizar a pulsação.

O que não se deve fazer imediatamente após a acupuntura:

- Ter relações sexuais;

- Molhar os pontos estimualdos;

- Tomar bebidas alcoólicas;

- Irritar-se;

- Fazer trabalhos pesados;

- Comer excessivamente;

- Permanecer faminto ou com sede.

Na gravidez:

- Não podem ser estimulados os pontos IG-4 (Hegu), BP-6 (Sanyinhiao), F-3 (Taichong), B-60 (Kunlun), B-67 (Zhiyin);

- No primeiro trimestre de gravidez, não podem ser estimulados os pontos de acupuntura situados na parte inferior do abdome;

- Com mais de três meses de gravidez, não podem ser estimulados os pontos de acupuntura situados no abdome e cintura;

- No primeiro e no último mês de gravidez, deve-se evitar a acupuntura.

Em crianças:

- Não reter as agulhas: fazer a inserção, estimular as agulhas e retirá-las;

- Não inserir agulhas na cabeça enquanto as fontanelas estiverem abertas.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas