O efeito Cinderela

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
O efeito Cinderela

Depois de um dia cheio, o momento mais relaxante é aquele em que você chega em casa e arranca o sapato?

Os seus dedinhos ficam confortáveis dentro de um chinelo ou livres leves e soltos descalços pela casa? Saiba que isso pode não ser apenas cansaço e desconforto. São muitas as pessoas que sofrem com calos, joanetes, unhas encravadas e até mesmo dores nas costas por não estarem usando os sapatos adequados.

Quando J. Potte e R. Montagu, em 1729, escreveram a história da Gata Borralheira, jamais poderiam imaginar que estariam trazendo tanto destaque aos calçados. Antes do imortalizado sapatinho de cristal da Cinderela, os longos vestidos cobriam os pés das moçoilas, que passaram a ver no acessório uma forma de adereço delicado, feminino e justo! Mas, infelizmente, os pezinhos não viveram felizes para sempre, mas apertados para sempre.

O uso contínuo de salto alto é o campeão no que diz respeito a problemas. Eles podem causar, por exemplo, o encurtamento dos músculos da panturrilha, encurtando sua capacidade de alongamento. "Basta usar o sapato de salto continuamente durante 3 a 4 semanas para que os sinais comecem a aparecer. Os movimentos já ficam reduzidos, e o alongamento do tornozelo fica com uma limitação inicial de 90 graus.", alerta o Dr. Antônio Carlos Flores dos Santos, ortopedista traumatologista, membro da Sociedade Brasileira de Medicina e Cirurgia do Pé.

Problemas de coluna também são muito comuns, pois o salto posiciona a coluna lombar (altura da cintura) numa curvatura aumentada. "O centro de gravidade é deslocado para frente, e para trazê-lo de volta é preciso aumentar esta curvatura da lombar, caracterizada como lordose, mas mais conhecida como bumbum arrebitado."diz o Dr. Santos. Quem usa saltos com freqüência acaba acostumando a coluna e sente até falta quando usa um sapato mais baixo, o que acaba criando um círculo vicioso. O ideal seria alternar o uso destes calçados, mas para quem trabalha com eles a solução pode estar num simples alongamento. Com exercícios diários que não tomam nem 10 minutos você pode relaxar a coluna e manter o movimento de "pé no acelerador" funcionando direitinho.

Se você achou que ainda é pouco e acredita que pode desfilar um saltão impunemente, saiba que ele também pode causar problemas nos joelhos. As rótulas trabalham mais pressionadas em seu deslizamento e podem causar desgaste prematuro.


O que você pode fazer, além dos alongamentos, é alternar o uso dos saltos, um dia mais alto, outro mais baixo, o mesmo com o bico do sapato. "Salto agulha joga a concentração do peso do corpo pa parte da frente do pé, já o Anabela distribui de uma certa forma, mas mantém o encurtamento." revela Dr. Santos.

Exercícios de alongamento que você pode fazer em casa
  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas