Odontologia Estética

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Odontologia Estética

"O sorriso não tem como esconder". Estas são palavras do Dr. Alex Joacy Ozelin que trabalha há 5 anos com odontologia estética. Este tipo de tratamento, que vem aprimorando bastante suas técnicas e ganhando novos adeptos nos últimos anos, é mais uma forma de cuidar da aparência. Afinal, com o passar do tempo, os dentes têm uma tendência natural ao escurecimento e ninguém quer ter sorriso amarelo, nem em foto!

Existem, além do tempo, outros fatores que podem deixar os dentes escurecidos ou manchados como antibióticos, cigarros ou alimentos. O dente absorve tudo o que tiver pigmento, mais ainda se for concentrado, como é o caso do café, dos refrigerantes e chás escuros.

Mas existem também muitos tratamentos para resolver estes probleminhas estéticos: clareamento dental, fechamento de diastemas, facetas laminadas e estética do sorriso.

O tratamento mais procurado é o clareamento, um processo que atinge resultados satisfatórios em cerca de 90% dos casos. Um gel à base de carbamida é aplicado a moldes de silicone e a pessoa usa por algumas horas - de preferência à noite - durante 10 ou 15 dias.

Dr. Alex recomenda que o produto seja aplicado em uma arcada de cada vez, para que os resultados fiquem evidentes para os pacientes, que ficam impressionados e saem sorridentes. "Às vezes, o profissional acha que o clareamento poderia ter sido maior, mas os pacientes ficam bastante satisfeitos."

O clareamento dental não prejudica os dentes e apenas é contra-indicado para crianças e grávidas - o método e o produto usado são aprovados pela American Dental Association (ADA). Sua durabilidade pode ser de até 3 anos dependendo dos hábitos do paciente.

Outros tratamentos são o fechamento de diastemas - aquele espaço entre os dentes - e as facetas laminadas que recobrem a parte externa dos dentes. Em ambos os casos os materiais usados são porcelana ou resina.

A resina é uma opção mais barata, pois pode ser feita no próprio consultório (resina direta). Já a resina e a porcelana feitas em laboratórios elevam os custos. A diferença? A porcelana não mancha, não absorve pigmentos, não sofrendo, portanto, alteração de cor.

Veja o resultado de 3 tratamentos:

Faceta

Odontologia Estética

Clareamento

Odontologia Estética

Diastemas

Odontologia Estética

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas