Óleo de argan

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Conheça os benefícios e saiba como aplicá-lo

Óleo de argan

Ingrediente número um no mundo dos cosméticos, o óleo de argan, novo queridinho dos cabeleireiros vem ganhando cada vez mais espaço na indústria da beleza especializada em produtos capilares. Proveniente do Marrocos, o óleo de argan é bastante raro (e caro) por ser extraído somente de uma árvore que cresce no sudoeste da região. No entanto, apesar de incomum o ativo vêm conquistando o mundo dos cosméticos por ser um grande aliado no combate aos cabelos ressecados e sem brilho.

Com ação antioxidante poderosa e rico em vitaminas A, D e E, o óleo do argan é um importante agente hidratante capaz de amenizar os estragos causados pelos fatores agressores externos como, por exemplo, o sol, o vento, a poluição, o ar condicionado, a chuva, o secador, a chapinha, sem falar das tinturas e químicas em geral. Tudo bem que o milagre em forma de ólinho não custa barato, mas vale muito a pena, pois dependendo da sua necessidade algumas gotinhas serão o suficiente para recuperar os fios.

Para as mulheres que desconhecem as inúmeras finalidades do argan, o óleo pode ser usado para amenizar as pontas duplas, dar brilho, controlar o frizz, proteger e hidratar profundamente os fios. Mas, antes de qualquer coisa é importante lembrar que nenhum óleo deve ser aplicado antes da chapinha ou secador, pois o calor junto com o produto pode fritar os fios. "Cabelos que receberam química e consequentemente estão danificados tendem a absorver o óleo mais rapidamente. Além disso, a característica de um toque menos oleoso do Argan, proporciona ao fio uma maior absorção, melhorando a retenção de água dentro da estrutura lipídica, evitando uma quebra posterior" completa Neliza Junque, da Beraca, empresa responsável pela importação do produto no país.

Gostou da novidade e quer adquirir o óleo? Confira abaixo os benefícios do óleo de argan e veja o que ele pode fazer pelos seus cabelos.

  • Poderoso reparador capilar, uma vez que é capaz de penetrar o eixo do cabelo e folículos;
  • Por não ser gorduroso/oleoso, o óleo tem ótimo desempenho no controle de frizz dos fios crespos;
  • Por ser um agente hidratante leve, o produto ajuda a amaciar o cabelo;
  • Excelente tratamento de manutenção para cabelos tratados quimicamente;
  • Restaura a umidade perdida, já que o óleo é imediatamente absorvido pelo fio;
  • Atua também como escudo contra os raios UV nocivos e protege os cabelos da poluição ambiental;
  • Com alto teor de vitamina E, o óleo promove o crescimento dos fios com rapidez;
  • Age como selante na reparação das pontas duplas;
  • Previne a queda de cabelo.

Por Paula Perdiz

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas