Pele mais jovem em pouco tempo

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Pele mais jovem em pouco tempo

Quantas vezes você já encarou o espelho e pensou: e se esta "ruguinha" não existisse? Uma puxadinha aqui, outra ali faria uma diferença e tanto .

Mas, só de pensar em procedimentos invasivos, que custavam gritos de dor, tamanha a agressividade dos métodos, e sair de circulação por 20 dias (à espera da recomposição da pele), fazem a idéia de dar um basta no envelhecimento ser deixada de lado.

Para a alegria das mulheres, o panorama atual é outro. Os tratamentos feitos em consultórios dermatológicos estão cada vez mais eficazes, menos invasivos e oferecem uma recuperação mais rápida (ninguém mais tem que sair de cena enquanto se cuida).

Inovação

A novidade em matéria de rejuvenescimento é usada nos Estados Unidos há três anos e desembarcou no Brasil em maio. O Portrait é um aparelho que utiliza o nitrogênio de plasma para barrar os sinais de envelhecimento e regenerar a pele. "Com a menor invasão possível, o plasma, em contato com a pele, provoca uma progressiva substituição da pele envelhecida por uma mais saudável", expõe a dermatologista Adriana Leite.

A dor é mínima e suportável e não é preciso se afastar das atividades diárias. "A pele fica levemente vermelha, como se estivesse bronzeada, por três a sete dias, e o resultado melhora a cada aplicação", diz a médica.

Segundo Leite, o aparelho é uma promessa no rejuvenescimento. "Ele estimula ao mesmo tempo as fibras de colágeno e elastina. Utiliza a própria pele como camada protetora e não é preciso fazer repouso após a aplicação", explica.

Outro ativo do uso dessa tecnologia é o período de recuperação acelerado. "Os estudos clínicos demonstraram que a regeneração da pele começa imediatamente após o uso e esse processo continua a acontecer no decorrer de várias semanas e meses", esclarece Leite.

Em cada sessão, a especialista realiza a aplicação durante 15 a 30 minutos, dependendo da área a ser tratada. "Em um ou dois dias já é possível, em alguns casos, conferir uma melhora na textura da pele, de seu tônus e diminuição das rugas. Outra novidade é que a pele continua a produzir as condições corretas de crescimento, com produção de um novo colágeno, remodelando a arquitetura da pele e transformando o visual durante um longo período", diz a dermatologista.

Os pacientes se surpreendem ao comparar sua aparência antes do tratamento e doze meses mais tarde. Este foi o caso da arquiteta Marta Cordeiro, 56 anos, que fez o tratamento. "No início, eu fiquei muito preocupada. Mas antes de fazer as aplicações eu procurei saber todas as informações da técnica. E tudo que a dermatologista colocava em mim eu perguntava para que servia", conta a arquiteta.

O tratamento é indicado para pessoas que possuem linhas finas, rugas e flacidez, cicatrizes de acne e cirúrgicas. "São necessárias apenas três sessões, com intervalo de três meses. O preço varia de R$ 800 a R$ 1.500", afirma a especialista.

Mas não entrem em desespero. Segundo Leite, há tratamentos para todos os gostos e "bolsos". "Não é preciso usar essas últimas tecnologias. O primeiro passo é procurar um médico de confiança que lhe indique os melhores tratamentos [o seu caso nunca será igual ao de sua amiga, irmã ou vizinha], e manter consciência em relação à foto-exposição", diz a médica.

Pele mais jovem em pouco tempo

Foto cedida pelo fabricante

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas