Pele saudável no verão

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Veja dicas de como escolher o protetor solar ideal para sua pele

Pele saudável no verão

Daqui a menos de um mês a estação mais quente do ano vai começar pra valer e as idas à praia e à piscina ficarão cada vez mais constantes. Só que antes de colocar o biquíni para pegar um bronzeado, é preciso proteger a pele.

Sem os devidos cuidados a pele exposta ao sol forte fica mais suscetível ao envelhecimento, a manchas e ao câncer. Por isso, além de abastecer o guarda-roupa com peças curtas e com biquínis novos é preciso comprar um bom protetor solar.

O dermatologista Dr. Amilton Macedo explica que o protetor solar tem que ser escolhido de acordo com o fototipo e características de pele (oleosa, seca, mista ou normal). "Se a pele for muito clara, necessita de um filtro com fator de proteção mais alto. Se a pele for oleosa, o ideal é usar um protetor em forma de gel ou fluido. E se a pele for seca, pode-se usar um protetor em forma de creme ou loção."

Há quem use o protetor solar do corpo no rosto também, mas Dr. Amilton diz que, do ponto de vista de proteção, não existe problemas, mas diz que utilizar um protetor para cada região traz um resultado melhor. Isso porque, atualmente, os protetores faciais são desenvolvidos com as particularidades da região, a fórmula pode ser mais leve e sofisticada, elaborada com associações de antioxidantes para potencializar a ação dos filtros e evitar o dano na pele.

Os filtros solares são cosméticos de grau II (produtos com indicações específicas que exigem comprovação de segurança e/ou eficácia) e o registro do produto só é concedido pela Anvisa. Por isso, confira sempre se o produto contém o selo do órgão de fiscalização.

Também é possível encontrar proteção solar nos itens de maquiagem. Eles são mais práticos, mas quem ainda prefere usar os produtos separadamente deve aplicar o protetor antes de passar a maquiagem.

Para escolher o melhor filtro solar para o corpo, Dr. Amilton dá a dica: "Uma opção é o protetor em forma de creme associado com óleos, manteigas hidratantes. Eles são perfeitos para reforçar a integridade da pele. Desta forma podemos proteger a pele ao mesmo tempo que hidratamos". Tanto no rosto quanto no corpo o produto deve ser reaplicado a cada duas horas ou após cada mergulho. E a primeira aplicação deve ser 30 minutos antes da exposição solar.

Durante o verão, além de proteger a pele é preciso hidratá-la corretamente. O dermatologista recomenda o consumo de alimentos crus ou cozidos que contenham alto teor de água. Entre eles estão melancia, manga, melão, mexerica, laranja, kiwi, abacate, banana, acerola, tomate, cenoura crua, beterraba crua, couve crua, pepino, pimentão, batata, abóbora cozida e grãos depois de cozidos como feijão e arroz. Mas vale ressaltar que nada substituirá a ingestão de água.

Além dos alimentos citados e a ingestão de água, é recomendado usar roupas leves que ajudem a transpiração e evitar excesso na exposição solar. "A exposição ao ar condicionado também desidrata, por isso, mantenha um excipiente com água no ambiente ou toalhas úmidas. Use também hidratantes no mínimo duas vezes ao dia e, se tomar mais de um banho ao dia, use o sabonete somente nas genitais e axilas", completa Dr. Amilton.

E o dermatologista finaliza: "As pessoas devem ficar atentas sobre os riscos de se expor ao sol sem a proteção adequada. Assim evitarão a desidratação, o envelhecimento precoce e, principalmente, o câncer de pele."


Juliana Falcão (MBPress)

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Assuntos relacionados: verão pele bronzeamento

Últimas