Pele sempre Jovem

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Pele sempre Jovem

O tempo não pára. Mas tomando os devidos cuidados a gente pode atrasar ele um pouquinho. Taí a Vera Ficher maravilhosérrima aos 50 anos, prova de que resistir ao passar dos anos com elegância e beleza está cada dia mais ao nosso alcance.

A esteticista Edy Guimarães dá a dica: "É necessário, porém, iniciar a prevenção em torno dos 20 anos, começando a tratar antes dos primeiros problemas aparecerem. Assim, não teremos que correr tanto atrás do prejuízo e aos 40, 50 e 60 os danos serão com certeza menores e os tratamentos menos agressivos."

A diferença entre a pele jovem e a envelhecida está na uniformidade da cor, manchas, na textura e no viço que vão se modificando e se alterando com o passar dos anos. A pele torna-se mais sensível, surgem as pequenas rugas e as células mortas vão se acumulando e depositando-se na superfície.

Se você quer prolongar o rostinho de menina, fique esperta desde cedo. Eu tenho uma amiga que diz sábias palavras: até os 20 anos papai do céu dá tudo, depois nós temos que fazer manutenção!

25-35 Anos

Logo após os 25 anos, surgem os primeiros sinais: rugas ao redor dos olhos, mancha no buço ou uma marca de expressão que se aprofunda, por exemplo. O processo de envelhecimento é gradativo em alguns casos lento, mas pode ser acelerado pelo sol, cigarro, má alimentação, álcool, stress e sedentarismo.

Nesta fase, deve-se fazer o tratamento preventivo:

  • Limpezas de pele com regularidade, limpeza, hidratação e fotoproteção do rosto, de maneira adequada e iniciar o uso de cremes específicos para a região dos olhos - xô pé de galinha!
  • Vitamina C também é indicada em todas as idades, ela ajuda a proteger da luz solar, que pode ser muito prejudicial em conjunto com pequenos desequilíbrios hormonais - quem toma pílula, assim como quem está grávida, é mais sensível aos ultra-violeta, tendo maior facilidade de ficar com a pele manchada;
  • Tratamentos com ácidos e algumas máscaras e peelings suaves também podem ser feitos, outra dica é não fazer depilação com cera no rosto, pode causar flacidez.
  • Muito importante na hora de usar todos os creminhos e géis e cuidar com carinho de você mesma, é saber qual o seu tipo de pele e quais os produtos indicados para ela. Informe-se sempre com um dermatologista ou esteticista para não estar se lambusando sem obter nenhum efeito positivo.
  • 35-50 Anos

    Com a pele já mais vulnerável e mais fina, o processo de renovação fica mais lento, os melanócitos - células responsáveis pelo bronzeamento - menos eficientes e começa a flacidez. É nesta etapa que as manchas e as rugas tornam-se mais evidentes.

    Contra-ataque:

  • Para combater a lentidão do processo de renovação podem ser feitas gomagens ou esfoliações suaves, para o cuidado com os olhos doses maiores de vitamina C hidratantes, e peelings.
  • Tratamentos com ácido retinóicos, madélicos ou glicólico sempre com acompanhamento também são uma boa para a renovação da pele, garantindo uma cor mais saudável e mais viço e brilho;
  • Ginástica facial ou estimulação elétrica são uma alternativa na hora de tonificar os músculos faciais;
  • As bolsas em baixo dos olhos, as famosas olheiras, também precisam de atenção especial, máscaras geladas ou cremes à base de ácido alfalipólico - um dos rejuvenecedores de última geração - podem ser indicados;
  • Para dar cabo, ao menos temporário nas rugas, o uso do Botox, do Restylane e do Juvederm tem sido muito indicado. É uma injeçãozinha que relaxa a musculatura agindo por de 8 a 12 meses. O Juvederm é mais indicado para as rugas ao redor da boca, enquanto os outros para olhos e testa.
  • Não dê moleza. Os cremes nessa fase têm vários objetivos: manter a hidratação, proteger do sol, combater os radicais livres que aceleram o envelhecimento e nutrir a pele.

    Conselho da esteticista: "não esqueça, depois dos 35 anos a melhor maquilagem é uma noite bem dormida, alimentação equilibrada e exercícios físicos regularmente." Edy Guimarães

    50 Anos em diante

    Intensifique os cuidados!

  • Capriche no creme nutritivo, no fotoprotetor e procure cremes a base de isoflavona - fotormônio natural, são indicadas também máscaras com fios de seda - mmm nunca fiz, mas só pelo nome tem uma cara ótima!! - e peelings químicos ou a laser;
  • Talvez seja a hora de fazer uma avaliação hormonal, ver se está tudo em ordem e, se for o caso, começar uma reposição. Pergunte ambém sobre a necessidade de um suplemento de vitaminas;
  • Caminhe diariamente no sol matinal ou no final da tarde, fazendo um exercício agradável, mas fugindo dos horários de sol forte;
  • Um lifting ou uma plástica também não podem ser totalmente descartados, ainda mais se você é uma mulher super vaidosa e quer ficar com cara de avó moderninha.
  • Nesta fase, a pele fica mais seca, pedindo mais hidratação e podem aparecer pelos no rosto devido ao desequilíbrio hormonal. Procure um dermatologista e tire estes probleminhas de letra!

    A mulher é bela, complicada e misteriosa em todas as idades e é por ter uma natureza tão maravilhosa que merecemos nos sentir belas em todas as etapas da vida. É muito bom ser filha e irmã, muito bom ser mãe e esposa e melhor ainda ser avó ou bisavó orgulhosa de si e da família e amigos que conquistados com o passar dos anos. No dia da mulher tenha esta consciência e seja feliz!

    "Procure envelhecer com dignidade mas não se esqueça que a cosmetologia e os tratamentos estéticos dispõem de recursos cada vez mais eficientes para atenuar as marcas dos anos. Cuidar da aparência faz bem para a própria pessoa e para aqueles que com ela convivem e que realmente gostam dela. Quem deseja uma pele saudável deve cuidar dela todos os dias. Ainda não se descobriu um creme que acabe com as marcas das rugas mas os cosméticos atuais agem, mantendo o viço e a elasticidade por mais tempo.

    Feliz dia internacional das mulheres."

    Colaborou para a matéria: Edy Guimarães, esteticista

    www.edyguimaraes.com.br
    • Facebook
    • Pinterest
    • Twitter
    • Google+

    Comente

    Últimas