Pernas sem celulite no verão!

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Pernas sem celulite no verão

Ela adora aparecer, especialmente no bumbum e nas coxas. Não escolhe biotipo e é dura na queda. Para combatê-la, é preciso unir forças, ter disciplina e persistência.

A celulite é um problema cada vez mais comum. De acordo com a dermatologista Mônica Maluf, de São Paulo, ela atinge 80% das mulheres acima dos 20 anos, independentemente de peso e altura. "Antes as pessoas praticavam mais atividades rotineiras, caminhavam mais e andavam de bicicleta. A alimentação também mudou bastante, tendo o nível de carboidrato e de gordura aumentados", diz a especialista.

No entanto, nem mesmo as magérrimas estão livres do problema. Isso porque todas as mulheres têm um certo volume de gordura espalhado pelo corpo. "A celulite é causada por vários fatores concomitantes. A questão hereditária da predisposição é relevante e o tipo de corpo também. Os mais arredondados e curvilíneos são aqueles que têm mais chance de ter celulite, enquanto os mais retos, com características um pouco mais masculinas, têm menos chance", explica a dermatologista Denise Steiner, de São Paulo.

Além dos fatores hereditários, existe a tendência relacionada ao hormônio feminino que predispõe uma retenção de líquido. "As trocas do tecido vão piorando gradativamente, havendo uma má irrigação e uma alteração dos vasos desse tecido. Também há uma questão relacionada à célula gordurosa, que é uma célula hipertrofiada e com maior dificuldade de metabolização da gordura. Tudo isso associado faz com que a celulite possa aparecer", afirma Denise. Preço: R$ 1.000 a R$ 3.000.

Mas não se desespere! O Cyber Diet selecionou alguns tratamentos que vão domar a celulite. Confira:

Endermoterapia: Massagem com vácuo e rolamentos, que visa a retirada de nódulos e retrações. São indicadas cerca de 10 sessões. Custo médio: R$ 800.

Diactermia: Emissão de infravermelho para aumentar o metabolismo, consumir gordura e melhorar a circulação. Em geral, são necessárias oito sessões. Custo médio: R$ 1.000.

Ultra-som de alta potência: Aparelhos de ponta e bem potentes que, por meio do calor, rompem as células gordurosas. Alguns exemplos: Ultrashape, Bella Contour, Manthus. São necessárias de duas a dez sessões. Cada uma custa de R$ 200 a R$ 2.500.

Radiofreqüência: Provoca lesão nas células gordurosas e aumenta a produção de colágeno por meio da emissão de calor. Também é recomendada nos casos de flacidez. Indicação: 6 sessões. Preço: R$ 1.000 a R$ 3.000.

Carboxiterapia: Injeção de gás que provoca traumatismo da derme e aumenta a produção de colágeno. Também combate flacidez. Indicação: 10 sessões. Preço médio: R$ 1.200.

Drenagem linfática: Massagem para eliminar o acúmulo de líquidos e melhorar a circulação linfática. Recomendam-se dez sessões. Preço médio: R$ 400.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas