Rugas ao redor da boca: dê um fim nelas!

rugas ao redor da boca

Tudo bem que uma boa maquiagem disfarça boa parte dos probleminhas com a pele, mas só isso não faz milagre.

Sem uma boa matéria-prima, o resultado pode decepcionar qualquer um. Especialmente quando as imperfeições são no rosto, região do corpo que vive exposta para quem quiser ver. E, se os famosos "pés de galinha" já incomodam, as rugas ao redor da boca também aborrecem muita gente.

A perda de colágeno é a principal causa para o aparecimento dessas rugas. Se perde a tal substância pelo avanço da idade ou ainda por hábitos prejudiciais, como o fumo, por exemplo. "A área dos lábios possui uma musculatura denominada de orbicular, composta de feixe de fibras, que quando forçadas com a movimentação labial constante resultam nas temíveis rugas e linhas", afirma Marcelo Bellini, dermatologista e diretor da Clínica Corpo em Evidência, em São Paulo.

Em geral, as pacientes mais atingidas são aquelas que fumam ou se expõem ao sol sem a proteção necessária. O especialista explica que os lábios com aquele "código de barras" são cada vez mais comuns, já que as mulheres começam a fumar muito cedo. O problema nisso é que o tabaco interfere na circulação do sangue e destrói o colágeno - o principal componente responsável pela firmeza e sustentação da pele.

Para reverter o quadro, o jeito é procurar o melhor tratamento. Tudo vai depender do grau de força da musculatura da boca do paciente. A avaliação é feita em consultório pelo profissional, que pede que o avaliado faça bico ou assobie. "Se as rugas forem muito intensas, o tratamento indicado é a aplicação de toxina botulínica (botox ou dysport) em pequeninas quantidades para não afetar a fala, a mastigação ou o consumo de líquidos", orienta Marcelo. Nesse caso, o botox ou dysport poderão ser aplicados em rugas superiores ou inferiores dos lábios, em uma única sessão e com duração de três a quatro meses.

Agora, para quem tem apenas algumas rugas, a dica é o preenchimento com ácido hialurônico. "Basta apenas uma sessão para exibir lábios perfeitos por seis a oito meses", garante o dermatologista.

A terceira opção é uma boa pedida para pacientes com linhas profundas e em várias direções. Eles podem recorrer ao laser de CO2 (gás carbônico) fracionado, que destrói a superfície da pele, estimulando a renovação das células, inclusive as de colágeno. Assim, a pele fica com aspecto mais uniforme. É necessário passar por uma ou duas sessões, com intervalo de um mês entre uma e outra.

Mesmo com tratamentos eficazes, o melhor é prevenir essas rugas incômodas. E não é difícil, não. Para ter sucesso, "as principais orientações são parar de fumar, pois o tabaco destrói o colágeno e sempre usar protetor solar compatível com seu tipo de pele, indicado pelo dermatologista. O uso de um bom hidrante facial também ajuda", finaliza Marcelo.

Comente

Últimas