Susana Werner

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Susana Werner

Foto: TV GLOBO / Willian Andrade

Dois filhos, um marido goleiro, um programa na internet e beleza natural de sobra definem um pouco da atriz Susana Werner. Com 31 anos, 1,70 m de altura e 57 quilos, a loira natural mantêm a forma e sabe representar bem o papel da mulher brasileira. Há três anos, ela mora na Itália por causa do marido, o goleiro Julio César, do Inter de Milão e da Seleção Brasileira de Futebol.

Com descendência alemã, a beleza de Susana se confunde com a da mulher européia. "De corpo, a gente dá um banho nelas, mas de rosto elas são maravilhosas", confessa a apresentadora, sobre as mulheres italianas.

Em entrevista ao Cyber Diet, Susana Werner fala também das gestações de seu primogênito, Cauet, de cinco anos, e Giulia, de dois anos.

ENTREVISTA AO CYBERDIET

O que você faz para equilibrar a alimentação diária?

Procuro não comer tanto à noite. Adoro comer, mas tenho me controlado. Ultimamente, diminuí em quantidade e melhorei a qualidade dos alimentos. Também tenho evitado comer tanta porcaria.

Quando você faz dieta, tem algum alimento que não corta do cardápio?

Eu não corto os doces que eu amo, como sorvete e chocolate. Na verdade, não corto nada. Consumo arroz, feijão, massas em geral, apenas diminuo a quantidade e à noite procuro comer saladas e filé de frango. Essa é minha dieta: salada à noite e comida liberada de dia. Isso já faz um grande efeito combinado com massagens, drenagem linfática e corrida. É perfeito!

Quais os outros cuidados que você tem com a beleza?

Não tenho muita paciência com cuidados de beleza. Só passo creme no rosto antes de dormir (La Prairie à base de caviar). Lavo a pele com sabonete neutro e sempre tiro a maquiagem. Também não tomo sol, tenho medo porque sou muito branquinha.

É difícil ter um loiro natural tão bonito, principalmente em cabelos longos. Como você cuida das madeixas?

Não faço nada. Só uma vez por mês faço algum tratamento restruturador, com xampu feito para cabelos como o meu, loiro natural com mechas. Uso xampu e creme da marca Éh. Eu adoro!

Já fez alguma cirurgia plástica? Pensa em fazer?

Já, fiz orelhas e coloquei silicone nos seios. Não teria coragem de fazer lipoaspiração e também não pretendo fazer mais nenhuma cirurgia não. Pelo menos é o que espero. Morro de medo.

Você tem tendência a engordar? Já esteve acima do peso?

Não tenho tendência, mas se comer como comia quando não tinha filhos, engordo com certeza. Tento equilibrar os alimentos que como e observar meu metabolismo.

Seu corpo mudou muito com a gravidez?

Mudou para melhor. Eu era muito magrinha, agora tenho um corpo mais de mulher, com cadeiras e bumbum grandes (risos). Depois do Cauet, que hoje tem cinco anos, demorei quase um ano para recuperar minha forma. Da Giulia, de dois anos, levei uns cinco meses. Os dois nasceram de cesárea.

Foi você que preferiu cesárea?

Na verdade, eu tinha medo do parto normal. Já cheguei na maternidade com a bolsa estourada e perguntei se conseguiria tê-lo (Cauet) sem fazer cesárea. Até tentamos, mas percebi que o bebê estava em sofrimento e acabei me assustando com as batidas do coraçãozinho dele, que começaram a desacelerar. Assim que tiraram o oxigênio de minha boca, pedi pelo amor de Deus que queria cesárea mesmo. Eu estava muito assustada.

Foi difícil se adaptar à nova vida em Milão?

Foi muito difícil. Hoje, venci esse trauma. Imagina morar com duas crianças, uma com 25 dias de vida e outra com três anos, longe da família, sem a mesma estrutura que eu tinha por aqui? Outro fator é mudar completamente o estilo de vida. Lá sou dona-de-casa, mãe de família e faço de tudo por eles. Tenho uma família maravilhosa que amo e isso é o que me mantém feliz por lá.

Sente falta de ter o mesmo ritmo de trabalho que tinha no Brasil? Gostaria de voltar a morar aqui?

Um dia eu voltarei, mas hoje não quero pensar nisso. Se estou lá, tem um motivo: o trabalho do meu marido, que é a pessoa que eu amo e com quem construí uma família. Jamais abandonaria minha família para estar feliz profissionalmente. Não posso ter tudo o que quero ao mesmo tempo.

Quais são os seus projetos profissionais para 2008?

Não tenho projetos. Continuo estudando no IED (Instituto Europeu de Design), cuidando da casa, do marido e da família. Adoro passear com meus filhos e também andar a cavalo com eles. Faço também o programa "Susana Werner na Itália", para o TV JAM na internet (TV on-line do portal IG). No resto, Deus vai me guiando.

Pensa em voltar ao Brasil para trabalhar?

Tenho que estar ao lado da minha família, não posso largar tudo para voltar a trabalhar no Brasil.

Mulher de jogador de futebol sofre quando o time entra em campo. Você fica muito ansiosa?

Sofro mais ainda por ter marido goleiro. Não é fácil ver a bola chegar perto dele. E é cada bolada...um horror!

Seu biotipo é bem dividido entre o brasileiro e o europeu. Você acha que as mulheres da Europa são mais bonitas que as brasileiras?

De corpo, nós damos um banho nelas, mas de rosto elas são maravilhosas.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas