Sylvia Bandeira

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
sylvia bandeira

Emagrecer 10 kg com muita calma e sem estresse. Assim, a ex-modelo e atriz Sylvia Bandeira deixou no passado as formas mais "cheinhas" para desfilar um corpo enxuto e delineado na televisão

"Há um ano venho perdendo peso lentamente. Hoje, posso dizer que sou uma mulher feliz com o meu corpo", conta ela, em entrevista exclusiva ao Cyber Diet.

Aos 55 anos, Sylvia mudou os hábitos por conta da novela "Vidas Opostas", da Rede Record, e do musical "Rádio Nacional - As Ondas que Conquistaram o Brasil". "Senti que precisava emagrecer e me sentir melhor para agüentar o ritmo de viver na ponte aérea Rio de Janeiro - São Paulo", diz.

ENTREVISTA AO CYBER DIET Afinal, como é essa dieta que fez você perder 10 kg?

Na verdade, não considero uma dieta, e sim uma reeducação alimentar. Já fiz várias dietas malucas que prometiam a perda de 15 kg em um mês, mas nunca surtiram efeito. Também já tive acompanhamento de profissionais, mas não tinha força de vontade para mudar. Dessa forma, não conseguia bons resultados.

Como era sua alimentação antes?

Eu me alimentava como se estivesse me despedindo. Comia muito pensando que no outro dia começaria uma dieta, mas nunca iniciava. Lógico que era uma desculpa para justificar o meu ato. Não me contentava com apenas um doce. Comia até me sentir pesada.

E agora?

Estou seletiva. Como de tudo, mas em pouca quantidade. Descobri que não preciso de cinco barras de chocolate para me satisfazer. Também passei a dar mais valor aos alimentos saudáveis, como verduras, legumes, frutas, entre outros. Evito gorduras, mas isso não significa que não posso comer. Até como, mas só quando não tem outra opção.

Como é sua alimentação diária?

Eu me alimento exatamente como o ditado americano: faço a primeira refeição como rei, a segunda como princesa e a terceira como mendigo. Não gosto de dormir muito cheia.

Nessa reeducação, você adquiriu algum hábito alimentar?

Passei a beber muita água. Sempre me falavam da importância do líquido no organismo, mas nunca dei atenção. Hoje, sinto uma diferença grande e me considero mais saudável bebendo três litros por dia.

Você teve um motivo especial para querer emagrecer?

Há um ano, senti que precisava perder peso para agüentar o ritmo de viver na ponte aérea Rio de Janeiro - São Paulo. O musical e a novela estão exigindo muito de mim. Acredito que se não tivesse emagrecido, sentiria dificuldades para viajar e interpretar. Tem outro ditado que também sempre lembro: a saúde começa pela boca. Sou um exemplo disso. Acredito que não fico doente em razão da minha alimentação. Nem gripe eu pego mais.

O que você procura carregar na bolsa quando está correndo de uma cidade para a outra?

Para enganar a fome, sempre carrego uma balinha ou uma barra de cereal.

Além da alimentação, tem algo que a ajuda a manter a forma?

Atividade física regular. Estou fazendo 45 minutos de caminhadas diárias. Também faço meia hora de musculação. Antes eu me empolgava em um mês e no outro já estava desanimada novamente, ou então praticava em razão de algum papel e depois largava. Hoje, fico chateada quando não faço.

Após esse processo de emagrecimento, você passou a ser mais vaidosa?

Nunca fui uma mulher de ter vaidade excessiva. Como estou mais magra, me sinto mais bonita. Acredito que a beleza seja conseqüência do estado de espírito. Se a pessoa está bem, isso reflete na aparência.

Quais são os seus cuidados com a beleza?

Vou ao dermatologista freqüentemente. Gosto de ir ao salão de beleza uma vez por semana e fazer as unhas e os cabelos. Como sou branquinha, não saio de casa sem protetor solar. Sou como todas as mulheres. Gosto de me sentir bonita.

Tem medo de envelhecer?

Não. Na verdade, acho que o tempo só me favoreceu. Posso dizer que hoje tenho muito mais pique do que com vinte anos.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas