Tânia Bondezan

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Tânia Bondezan

Tânia Bondezan está prestes a participar de mais uma novela do SBT. A atriz, que está escalada para "A Revelação", mudou o visual para compor sua nova personagem e gostou do resultado. Com os cabelos mais claros e franjinha, ela diz que está satisfeita.

No entanto, a preocupação com o corpo é constante, já que a televisão desfavorece nesse sentido. "Várias vezes quando via minhas atuações na TV ou até mesmo em fotos levava um choque, pois achava que estava acima do peso e resolvia fazer dieta", declara.

ENTREVISTA AO CYBERDIET

Em entrevista ao Cyber Diet, a atriz revela que já fez uma cirurgia plástica e é a favor das mudanças em prol da auto-estima. Apesar disso, Tânia acredita que o mais importante é estar saudável. "O

que importa é o bem-estar. Hoje em dia, tudo é mais fácil para o sexo feminino. Temos que correr atrás da solução dos nossos problemas", diz.

Tânia Bondezan conta também que faz reposição hormonal e não dispensa as caminhadas para manter o corpo em forma. Com 1,68 e 66kg, ela se recusa a falar sua idade. "Não costumo dizer minha idade, ela não revela nada sobre nós. O que importa é se sentir bem", declara a atriz.

Você mudou sua rotina ou o visual para interpretar a nova personagem?

Sim, eu mudei o visual para fazer a novela. Minha última personagem em novelas foi a vilã Malvina, de "Maria Esperança" (SBT), e deixou uma referência muito forte. Queria mudar essa impressão. A produção do SBT sugeriu um corte de cabelo inspirado em Mônica Vitti, atriz italiana que protagonizava muitos filmes do cineasta Antonioni. Clareei o cabelo e cortei franja. Adorei o resultado, pois deu leveza às minhas feições e combinará mais com a minha personagem.

O que você faz para equilibrar sua alimentação diária?

Adoro muito comer! Acho que é um dos prazeres que temos. Quando era mais jovem, não tinha tendência a engordar, mas com a idade as coisas mudaram um pouco. Na menopausa, não só o metabolismo como também o emocional muda demais. Então, preciso ter certos cuidados para não abusar. Procuro fazer a receita do vinho: tomo uma taça à noite porque faz bem ao coração. Acrescentei linhaça, castanha, grãos, verduras escuras e peixes no meu cardápio. Eles são antioxidantes e me ajudam a passar pela reposição hormonal.

A correria da carreira interfere na sua alimentação?

Na televisão não sentimos tanto, pois sempre paramos para o almoço e acabamos nos alimentando bem. Claro que dependendo do trabalho, tudo muda. Esqueço de comer às vezes e até o intestino sofre com isso. Atores não têm uma rotina fixa.

Quantos anos você tem?

Não costumo dizer minha idade, ela não revela nada sobre nós. Além disso, para quem trabalha na televisão, esse quesito limita o ator. Os personagens são divididos por faixas etárias e condicionados a fazerem sempre os mesmos papéis. Não acho isso certo. Por isso, não costumo falar. O que importa é se sentir bem.

Você sentiu muita diferença, tanto física como emocional, com a reposição hormonal?

A reposição tem me ajudado bastante. É comprovado que sem ela as mulheres têm tendência a entrar em depressão. Cada uma tem que tomar sua decisão de repor ou não repor, isso é pessoal. Quanto ao humor, eu me equilibrei. É um período muito difícil para a mulher, não só pela questão da estética, mas pela emocional também. Com a utilização de hormônios, passei a ter maior acompanhamento ginecológico e a fazer exames, como mamografia, com mais freqüência. Tive receio de começar a fazer a reposição porque ela também tem pontos negativos. Todos os médicos dizem isso. Mas graças a Deus, comigo deu tudo certo.

Pratica alguma atividade física?

Comecei a fazer musculação há alguns anos, mas parei por falta de tempo e estou sentindo uma falta tremenda. Junto com ela, fazia exercícios aeróbicos e alongamento, sem esses complementos, a musculação pode ser prejudicial. Enquanto não volto, faço caminhadas sempre que posso.

Por que você optou pela musculação?

Foi comprovado que a musculação é ótima para mulheres na minha faixa de idade, pois ela recupera o tônus muscular. Além disso, senti muita diferença no desempenho do meu trabalho. Tive mais preparação e fôlego. Quando vou fazer algum trabalho mais dinâmico, opto pela dança, que pratiquei durante muitos anos.

Você já fez alguma cirurgia plástica?

Fiz pálpebras em cima e embaixo. Sou favorável à cirurgia se ela te faz bem e elimina o que está te incomodando, mas nunca modificaria meu rosto. Não faria nada que mudasse meus traços. Eu faria outra se fosse preciso, mas sou contra cirurgias que são feitas só por capricho. Acho que as mulheres devem se preocupar mais com a saúde do que com a vaidade.

Quais os cuidados com a beleza que você não deixa de lado?

Não deixo de fazer tratamento de pele, pois a minha é muito oleosa. Aplico ácidos e filtro solar para manter a neutralidade. Aprendi também que é importante limpá-la muito bem. Não apenas com sabonete, mas utilizando adstringente. Uso produtos para pele oleosa, à base de gel e não dispenso protetor solar. Quando era mais jovem, era do tipo que passava horas sob o sol. Adorava! Na época, não tinha muita consciência sobre os problemas que poderia causar. As pessoas não eram tão informadas. Hoje, vejo os problemas claramente. Tanto que minha pele é cheia de sardas.

Você tem problemas com a balança?

Ai...todos os dias (risos). Antes era tão fácil emagrecer e agora não é mais. Mas já me acostumei, faz parte dos cuidados hormonais. Antes, não tinha preocupação nenhuma com isso, sempre fui muito magra. Fazer televisão é pior ainda para quem está acima do peso, pois ela desfavorece. Várias vezes quando via minhas atuações na TV ou até mesmo em fotos levava um choque, pois achava que estava acima do peso e resolvia fazer dieta.

O que você não deixa de comer de jeito nenhum?

Meu pão com manteiga e café com leite de manhã cedo! Hum... não tem coisa melhor.

Qual mensagem você gostaria de deixar para as mulheres?

Sempre me lembro da atriz Ângela Vieira quando posou para a revista "Playboy". Nós somos muito amigas. Logo depois do ensaio fotográfico, ela deu uma entrevista à Marília Gabriela e comentou sobre a reposição hormonal e os problemas da menopausa. Achei isso ótimo e acho que as pessoas não devem mais tratar esse assunto como um tabu.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas