Thatiana Bione

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Thatiana Bione

Animada e falante. Foi assim que Thatiana Bione, de 21 anos, ficou conhecida durante sua permanência na casa do "Big Brother Brasil 8". Diferentemente da maioria das participantes da última edição do reality show global, a atriz e professora de inglês não faz pose de "gostosona".

Com 1m57 e 50 quilos, a ex-BBB conta que engordou oito quilos no confinamento, mas não se abala com isso. "Melhor sair equilibrada e mais gordinha, porque a pessoa quando passa fome tem o psicológico afetado com mais facilidade", diz.

ENTREVISTA AO CYBERDIET

Apesar de ser adepta das comidas de fast food, Thati afirma que procura comer pouco esse tipo de "porcaria gostosa", como ela mesma define.

Em entrevista ao Cyber Diet, Thati Bione também declara que tem facilidade para manter o corpo que quiser. "O meu organismo é muito bom. Se eu como pouco, emagreço rápido. Se eu como muito, engordo rápido", explica.

O que você costuma comer?

Na verdade, minha alimentação está meio doida por uma questão de falta de tempo. Voltando à normalidade, ela costuma ser muito à base de folhas e proteínas.

Que tipo de alimento você não come de jeito nenhum?

Eu não como peixe e crustáceo. Não gosto e tenho intolerância a esses alimentos. Meu organismo não reage bem a eles.

O que você gostaria de parar de comer, mas não consegue?

Eu não gostaria de parar, mas o que eu gostaria de comer menos é junkie food (comida de fast food). Eu sei que é muito ruim, mas eu adoro. Uma vez por semana ou uma vez a cada duas semanas eu como essa porcaria gostosa (risos).

Já fez alguma dieta?

Não, nunca fiz dieta. O meu organismo é muito bom. Se eu como pouco, emagreço rápido. Se eu como muito, engordo rápido. Não tenho grandes dificuldades em perder peso ou definir músculo. Para emagrecer, eu simplesmente diminuo um pouco a comida.

Você engordou dentro da casa do Big Brother Brasil?

Muito, engordei muito! (risos) Não tenho certeza, mas creio que foi por volta de uns oito quilos. Faz parte, era melhor sair equilibrada e mais gordinha, porque a pessoa quando passa fome tem o psicológico afetado com mais facilidade.

Já conseguiu perder esses oito quilos?

Eu não sei, porque ainda não me pesei. Acredito que sim, pois as minhas roupas estão servindo (risos). A minha alimentação voltou ao normal, então, é mais fácil emagrecer.

Como era sua alimentação no confinamento do "BBB 8"?

Dentro da casa, a gente comia muito, com medo de passar fome e faltar comida. Comíamos também devido à ansiedade, descontávamos na comida. A alimentação lá é péssima. Não tem uma nutricionista para controlar o que a gente compra no mercadinho e é sempre o mesmo tipo de comida. Nuggets, contra-filé e muita massa, porque era barato para gente. A alimentação era extremamente desregulada e não era equilibrada. Tudo era ocioso, nada nos motivava a malhar.

Como você se sentiu quando o apresentador do programa, Pedro Bial, comentou que as mulheres haviam engordado?

Nós vivemos em uma ditadura da beleza, onde a mulher bonita é a mulher magérrima. Antigamente, o que era bonito eram as mulheres gordinhas. Eu achei que o comentário queria dizer que a gente estava muito parada. Ali na casa, todas estávamos inchadas. Não sei o que acontece que todas as mulheres incham no "BBB". Fora que a TV engorda muito, ainda mais essa nova de tela plana, engorda cinco milhões de vezes a mais! (risos)

Você faz exercícios?

Antes de entrar no "BBB", eu jogava tênis, andava de bicicleta e de patins por Brasília. Fora do Brasil, eu joguei um ano de futebol, quando fiz intercâmbio no Canadá.

Quando você era mais nova, se preocupava com o corpo?

Mulher é um bicho vaidoso por si só. Na fase da adolescência, a mulher se preocupa muito. Eu tinha muita espinha nessa época, foi complicado, mas logo cuidei do rosto. Quanto ao corpo, eu sempre fui magrinha.

Você se considera uma pessoa vaidosa?

Minha mãe fala uma frase: "Tudo demais é demasia". É importante cuidar do corpo, da beleza, ainda mais agora que a gente saiu da casa e está em evidência. Gosto de me sentir bonita.

Quais os cuidados que você tem com pele, rosto, cabelos?

Nos cabelos, faço hidratação. Também passo no rosto produtos contra rugas e acne e uso hidratante no corpo. São cuidados que toda mulher devia ter desde a adolescência.

Você se preocupa com a saúde?

Eu sou um pouco orgulhosa. Médico é meio complicado para mim. Costumo sentir muita, muita, mas muita dor para depois ir ao médico. Já tomei muita bronca dos meus pais (risos). Mas quando vejo que está sério, procuro um médico. Vou sempre ao ginecologista, que é o médico da mulher e temos que ir. Tenho herança de câncer na família, então, a cada seis meses também vou a um mastologista (médico especialista no tratamento de doenças da mama).

Já fez alguma cirurgia plástica?

Coloquei 315 ml de silicone em cada seio em julho do ano passado, porque sabia que isso me faria bem e aumentaria a minha auto-estima. Se a mulher percebe que vai fazer bem, é válido. Tecnologia está aí para acrescentar, é só procurar um bom profissional. Ter seios maiores era uma coisa que eu queria. O dia em que eu resolver que não quero mais, eu tiro (risos).

Qual é a parte do seu corpo que você mais gosta? E a que não gosta?

Gosto das minhas pernas, por uma questão física atlética. Eu tenho pernas fortes e roliças, modeladas sem malhação. A parte que eu não gosto? Acho que a unha do meu dedo mindinho do pé podia ser mais bonitinha. (risos). Brincadeira. Acho que não tem uma parte que eu não goste. Talvez os dedos das mãos. Eles podiam ser maiores.

Quais são seus planos para o futuro?

Eu entrei na casa atriz, saí da casa atriz, essa é minha profissão. Já estou com o meu DRT (licença para atuar) renovado e agora o foco é esse.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas