Therma Cool: plástica sem cirurgia em 20 minutos

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Therma Cool plástica sem cirurgia em 20 minutos

O Therma Cool, que é a grande inovação da medicina estética, ainda apresenta novidades.

O 62º Encontro Anual da Academia Americana de Dermatologia, que aconteceu em fevereiro, em Washington, apresentou novidades em relação ao Therma Cool, a grande inovação da medicina estética. Ele é um procedimento não-invasivo (sem cortes ou sangramento) que reduz os sinais do envelhecimento cutâneo.

Uma das novidades é a redução do tempo da aplicação dos 40 minutos atuais para 20 minutos. Isso se deve a utilização de uma ponteira 64% mais rápida que a anterior.

A nova peça deve chegar ao país no segundo semestre. "É uma boa mudança, pois otimiza o tempo e permite a mesma eficácia da ponteira já existente", afirma a dermatologista Ana Lúcia Recio.

Therma Cool para o abdômen?

Há também estudos realizados por médicos norte-americanos sobre a aplicação do equipamento para tratar flacidez suave do abdômen e estrias. "São estudos isolados, ainda não aprovados pelo FDA (órgão que regulamenta medicamentos e sistemas de tratamentos nos Estados Unidos) e prevêem o uso do Therma Cool para combater estrias e flacidez no abdômen em pessoas magras", disse a dermatologista.

Atuais indicações para o equipamento

"O equipamento tem efeito tensor e, por isso, é indicado especialmente para a área ao redor dos olhos e próxima da mandíbula, onde a sensibilidade da pele deixa o contorno mais flácido", explica Ana Lúcia Recio. "Ele também pode ser usado para amenizar cicatrizes de acne, atuando inclusive na acne em atividade", completa a especialista.

Ele não é um laser. O Therma Cool atua por um sistema de radiofreqüência que incorpora um resfriador para proteger a superfície cutânea enquanto a energia RF aquece e modifica o tecido dérmico onde se encontram as fibras colágenas responsáveis pela sustentação da pele.

Segundo a dermatologista Ana Lúcia Recio, o ThermaCool pode ser aplicado em qualquer tipo de pele. Os resultados podem ser vistos entre 2 e 6 meses, mas alguns pacientes apresentam diferenças em período menor. "Estudos recentes mostram que as melhorias continuam ao longo de seis meses após uma única sessão", afirma a especialista.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas