Yoná Magalhães

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Yoná Magalhães

A atriz Yoná Magalhães passou dos 70 anos mantendo-se sempre bonita. Suas aparições na televisão são sempre alvo de elogios, não só pela boa interpretação, mas principalmente pelo seu corpo e jovialidade.

Com o corpo em forma e uma beleza invejável, a atriz faz aulas de alongamento, musculação e exercícios aeróbicos. Só faço o que me dá prazer, seja no trabalho, nos exercícios ou na alimentação, conta.

Qual o segredo de tamanha vitalidade? Força de vontade. Em entrevista ao Cyber Diet, Yoná Magalhães assume também que já fez duas plásticas no rosto para se sentir melhor. Confira:

ENTREVISTA AO CYBER DIET Muitos ficam encantados com sua boa forma. Você é muito vaidosa?

Sou vaidosa e fico feliz quando ouço as pessoas me elogiando, claro. Mas, antes de tudo, me preocupo com a saúde. A estética nada mais é que a conseqüência disso. Acredito que, quando se tem saúde, você fica bem disposta, alegre, com a fisionomia e a pele boas.

Como é sua rotina de exercícios?

Faço esteira como exercício aeróbico, musculação e um tipo de alongamento baseado na yoga, no ballet clássico e algumas posturas do pilates. É um tipo de prática que trabalha os músculos, as articulações. O ideal é fazer quatro vezes por semana cada um destes exercícios. Geralmente, alterno dois deles em cada dia, malhando três horas.

Você sempre fez atividade física?

Esta preocupação com atividades é coisa de família. Quando pequena, havia um programa de rádio chamado Ginástica e meus pais, minhas tias e primas eram assíduos ouvintes. Cresci neste meio.

E como a alimentação te ajuda a manter a boa forma?

Sempre tive uma alimentação saudável. Sigo uma dieta à base de saladas e grelhados durante a semana, mas nada radical. No café, geralmente bebo uma xícara de leite de soja, acompanhada de duas torradas. Lá pelas 11h da manhã, bebo suco e como uma fruta. Almoço às duas da tarde e me alimento bem. Às cinco horas, uma sopinha de legumes, um sushi ou sashimi. Já à noite, prefiro não jantar para não atrapalhar o meu sono. No máximo, uma maçã ou banana cozida antes de ir para a cama.

Tem algo que você não come de forma alguma?

Há muitos anos que não como carne vermelha. Não acredito que seja saudável.

Tem medo de envelhecer?

De forma alguma. Cada ano que passa estou mais amadurecida e experiente. Adoro ver que os anos me trouxeram conhecimento. Estou com 72 anos, mas com pique de trinta.

Acha que o sexo também melhora com a idade?

Sexo é algo importante e normal. Ele teve uma importância na minha infância de um jeito, aquela coisa de bilhetinho para namorados. Já na adolescência, ainda tinha o tabu da virgindade, ou seja, era um sexo de outra forma, mais aflito, ansioso. Depois, você se torna mulher, aí encontra um sexo mais pleno e isso só vai mudando. Em cada fase há uma coisa. Ele hoje é normal, gostoso, pleno, consciente. Um retrato da maturidade. A menopausa, por exemplo, encarei com naturalidade. Fiz reposição hormonal.

Os cuidados com a beleza também aumentam conforme o tempo?

Sempre fui uma pessoa cuidadosa. Gosto de me sentir bem. O que me ajuda muito é dormir cedo e bem. Se possível, mais de oito horas por dia.

Você já fez plástica para corrigir a estética?

Fiz plástica porque determinadas ações do tempo na minha pele me incomodavam. Fiz duas cirurgias no rosto. Adorei o resultado. Às vezes, determinados aspectos físicos causam inibição e constrangimento nas pessoas. Penso que, quem tem condições e vontade, deve procurar este caminho para se sentir melhor.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas