5 lições que devemos aprender com Oprah Winfrey

Veja como as atitudes da apresentadora podem nos ajudar no dia a dia

5 lições que devemos aprender com Oprah Winfrey

Foto: reprodução / Just Jared

Aos 60 anos, Oprah Winfrey é um exemplo de sucesso e de fibra, uma mulher que não se intimida com as dificuldades.

Para termos ideia, a apresentadora, conhecida por "Rainha da TV", já conquistou diversos Emmys por conta do programa "The Oprah Winfrey Show", sempre com altos índices de audiência em seus 11 anos no ar. Mulher de visão, decidiu encerrar a atração para se dedicar à sua própria emissora, a OWN (2012).

Oprah foi considerada a celebridade mais poderosa de 2013 pela revista "Forbes", pela quinta vez - sem falar que desde que a lista foi criada, em 2004, o nome da artista nunca ficou de fora. Ela ainda conquistou, no mesmo ano, o 13º lugar no ranking das mulheres mais poderosas do mundo! Para 2014, Miss Winfrey só fica atrás de Steven Spielberg entre as celebridades mais influentes.

Mas todo esse sucesso não veio por acaso. Oprah é um exemplo a ser seguido na carreira, mas também como mulher. As atitudes positivas e o pensamento sempre tranquilo e em frente são fontes poderosas para sua ascensão ao trono. Confira as 5 lições que Oprah nos ensina e que devemos levar para a vida:

Ser grata por tudo

Como Oprah contou em seu site oficial, é infinitamente grata por tudo e faz questão de escrever em um diário sua gratidão. Por conta disso, se sente mais feliz. Inclusive, estudos têm mostrado que expressar as graças, mesmo para as pequenas coisas, pode levar a uma vida saudável, ligação mais forte com os outros e maior sensação de alegria.

No site, a apresentadora escreveu: "Eu sei, com certeza, que valorizar tudo o que aparecer na vida muda a sua vibração pessoal. Você irradia e gera mais bondade para si mesmo quando está ciente de tudo o que tem e não se concentra no que não tem".

Apesar dos inúmeros desafios , ser resistente

Antes de criar o império que tem hoje, Oprah precisou passar por maus bocados. Depois de trabalhar como âncora em uma estação de notícias local de Baltimore, nos Estados Unidos, por quase oito meses, foi rebaixada de cargo. Mesmo quando se tornou figura carimbada na TV norte-americana, Oprah passou por diversos contratempos ao lançar a Oprah Winfrey Network, em 2011, e ter baixa audiência em sua nova emissora.

No entanto, em seu discurso para a Universidade de Harvard, em 2013, ela declarou que não ia deixar "o pior período de sua vida profissional definir sua carreira". "Eu estava estressada, frustrada, e, francamente, eu tinha vergonha. Então, eu pensei: ' problemas não duram sempre. Isso também passará’. E decidi reverter isso e dar o meu melhor", contou.

Cultivar a resistência aos problemas e sempre procurar superar os desafios é crucial para viver uma vida mais feliz e alegre. Estudos vêm comprovando que a atitude realista, mas positiva, apresenta um dia a dia mais flexível.

Abraçar o envelhecimento

Ao invés de negar e retardar o envelhecimento, Oprah ensina como os anos são importantes para o conhecimento e sabedoria. Em 2011, aos 57 anos, já disse: "Se você é abençoado o suficiente para ‘crescer mais velho’, que é como eu vejo o envelhecimento, há muita sabedoria a ser adquirida das pessoas que estão comemorando o processo com dinamismo, vigor e graça".

Perto de completar 60 aninhos, Oprah exemplificou: "Estou quase nos 60 e já ganhei o direito de ser exatamente como eu sou. Estou mais segura em ser eu mesma do que eu já estive. Me aproximo deste marco com humildade, gratidão e alegria suprema".

Ser altruísta

Não só no programa, mas também na vida social, Oprah sempre mostrou devotamento e procurou beneficiar o próximo. Pesquisas já deixaram claro que ser caridoso pode até melhorar nossa longevidade. Generosidade em geral contribui para um bem-estar interno e no mundo ao seu redor.

Meditar é uma prioridade

Praticante da Meditação Transcendental, Oprah é uma das maiores divulgadoras dos benefícios do exercício. Em um texto que escreveu em 2012, ela conta: "Chamá-lo de meditação ou chamá-lo de tempo de silêncio - não importa. Os benefícios são os mesmos. Se você praticar, verá que é como se ocorresse o desenvolvimento de músculos espirituais. Eu prometo que você vai se tornar menos estressada, mais focada".

E continuou: "Para mim, a meditação reordena o fluxo natural da vida. As decisões vêm facilmente, as coisas caem no lugar e não há nenhum conflito. Você está vibrando com a vida, porque você está no fluxo. A meditação é uma maneira de chegar até lá".

Dica de Oprah na ciência: meditar foi comprovado para reduzir o estresse, diminuir a pressão arterial e até fazer mudanças positivas no cérebro.

E você, o que está esperando para seguir o exemplo de Oprah?


Alessandra Vespa (MBPress)

Comente

Últimas