A Boa Liderança

A Boa Liderança

Quando pesquisava sobre liderança encontrei na história do grande herói hebreu Neemias um verdadeiro tesouro sobre o assunto.

Ao reler o que ele registrou em um período crítico de sua vida, a narrativa da reconstrução do muro em volta de Jerusalém, provavelmente entre 450 e 400 a.C, comecei a perceber que seu livro é um verdadeiro depósito de idéias sobre liderança e deveria ser leitura obrigatória para todos os que são ou querem ser líderes. Encontrei sete qualidades reveladas por Neemias na qualidade de líder.

Primeira, sua paixão pelo projeto. Paixão, visão, entusiasmo, ação e determinação são absolutamente essenciais para qualquer projeto. Neemias mal dormia de tanto ficar pensando nas dificuldades a

enfrentar, e imaginando-se envolvido na realização do projeto.

Segunda, sua habilidade para motivar os outros. De que vale a liderança se não puder motivar as pessoas à ação? Líderes como Neemias inspiram os outros a darem o melhor de si.

Terceira, sua espiritualidade. O diário de Neemias está cheio de orações, constantemente lembrando o povo da presença e proteção de Deus.

Quarta, sua firmeza e paciência ante a oposição. Neemias suportou tudo (sarcasmo, fofoca, ironia, ameaças e falsas acusações), recusando-se a permitir que isso o desviasse de seu ideal.

Quinta, seu prático e equilibrado domínio da realidade. Neemias fez os trabalhadores persistirem diligentemente em suas tarefas, mas também colocou homens protegendo o muro caso ocorresse um ataque. Os bons líderes mantêm o equilíbrio necessário entre ser confiante e cauteloso.

Sexta, estava disposto a trabalhar duro e permanecer altruísta. Neemias é o protótipo do líder servidor.

Sétima, teve disciplina para terminar o serviço. Mesmo quando a tarefa perde o brilho, os bons líderes não procuram outro trabalho. Neemias registrou: "Acabou-se, pois, o muro... em cinqüenta e dois dias" Missão concluída!

A boa liderança é tão ou mais necessária hoje quanto nos dias de Neemias. O problema não está na falta de oportunidade, mas na carência de candidatos.

Comente

Últimas