Agressividade pode ser gerada por situações estressantes

Não se torne uma pessoa agressiva! Veja como evitar

Agressividade pode ser gerada por situações estres

A vida de quem vive nos grandes centros urbanos é uma verdadeira loucura. A pressão dos prazos curtos, a ausência de rotina, a falta de tempo para se alimentar de forma correta entre tantos outros problemas acaba mexendo com o estado emocional e físico de quem habita as metrópoles.

Para Ana Maria Rossi, PhD, Presidente da International Stress Management Association (ISMA-BR), situações de estresse frequentemente atingem nosso organismo. Ela lista as principais consequências negativas: "Sabemos que isto afeta o físico e psíquico. Situações de estresse frequentes resultam em mau humor, diminuição da qualidade de vida, conflitos interpessoais e em diversos ambientes, problemas financeiros, falta de equilíbrio emocional e diminuição da expectativa de vida."

Quem quer conseguir evitar todos estes transtornos tem uma missão nada fácil pela frente. O primeiro passo é aderir a um estilo de vida saudável, isto inclui ter uma noite de sono de qualidade e por horas suficientes. "Quem não dorme fica mais irritado, por isso é preciso ter um sono repousante", afirma a presidente da ISMA-BR.

É bom saber que quem fica muito tempo sem se alimentar passa a sentir ansiedade, sensação provocada pela baixa no nível de glicose no sangue. "Pratique atividade física, isto ajuda a canalizar as frustrações. Os aeróbicos são os mais recomendados", diz Ana Maria.

Escolha uma irmã, amiga, vizinha enfim, alguém de sua confiança e eleja como sua ouvinte confidente. A presidente acredita que é muito importante ter alguém com quem conversar.

"Escolha uma técnica de relaxamento. Conheço pessoas que praticam os mais diversos métodos. Quem tem crença religiosa pode realizar uma oração ou meditação. Tem pessoas que focam em uma palavra qualquer, pensam nela até se esquecerem dos problemas", conta Ana.

Talvez o exercício de relaxamento mais eficiente seja a respiração abdominal. A presidente da ISMA-BR ensina: "Coloque todo o ar dos pulmões para fora. Comece a inspirar pelo nariz (nas narinas há aqueles pelinhos que ajudam a filtrar o ar). Imagine que tem um balão no seu abdômen. Sinta toda a região se expandir". Quando nascemos é dessa forma que respiramos. "Mudamos e tragamos a nossa respiração quando passamos a usá-las para controlar nossas emoções", afirma Ana Maria.

O ideal é que estes exercícios relaxantes sejam feitos sempre que possível, não somente quando já estamos estressados. "É importante que a pessoa adquira prática nestes exercícios, assim na hora que mais precisar ela já terá domínio sobre ele", destaca a presidente.

Por Bianca de Souza (MBPress)

Comente

Últimas