Alimentação controlada

5 dicas infalíveis para você reduzir a quantidade de alimentos do seu prato

Alimentação controlada  5 dicas infalíveis para vo

Por mais forte que seja o seu desejo de emagrecer, nós sabemos que resistir às delícias da estação não é tarefa das mais fáceis. Afinal, por mais disciplinada que você seja, cometer um deslize ou outro é super normal, até porque ninguém é de ferro. Mas, cuidado, se a frequência dessas ‘escapadinhas’ começar a ser constante, a probabilidade que os resultados não apareçam é enorme e, depois de tanto tempo investindo na dieta, jogar tudo para o alto não é uma opção, não é mesmo?

Para ajudar você a continuar firme e forte em sua dieta, o MaisEquilíbrio separou 5 dicas infalíveis para reduzir a quantidade de alimento do seu prato e, consequentemente, emagrecer. Confira!

Diminua as porções e aumente a frequência - fracionar a alimentação é o segredo de toda pessoa que conseguiu emagrecer e manter o peso, então, ao invés de comer uma grande quantidade nas refeições principais, opte por fazer pequenos lanches (leves e saudáveis) entre elas.

Organize seu cardápio - planejar o menu da semana, além de economizar tempo, também ajuda você a manter a disciplina e não sair da dieta na hora de preparar os alimentos ou se servir no restaurante, caso você coma fora de casa; não esqueça de levar um lanchinho leve na bolsa para não corre o risco de ‘pisar na jaca’ na hora que bater aquela fominha fora de hora.

Engane o estômago antes das refeições - para dar uma tapeada na fome e garantir que você não vai extrapolar na hora de montar o prato, antes das refeições, cerca de vinte minutinhos, coma uma gelatina diet; agora, se a sua intenção é acelerar o seu metabolismo, vá de água gelada.

Comece sempre pela salada - uma boa opção para não exagerar nos alimentos calóricos é apostar na saladinha antes do prato principal, ou se você não tem muito tempo para fazer uma refeição com mais calma, o truque é rechear o prato com verduras e legumes com uma seleção bem variada e colorida, mas lembre-se que molhos e ingredientes gordurosos devem ficar de fora.

Não repita a refeição - para manter o peso, o ideal é que você coma somente o que colocou no prato e evite levantar para se servir pela segunda vez, isso pode colocar a sua reeducação alimentar em xeque. Um bom exemplo para ilustrar essa situação é o churrasco, evento no qual as pessoas ganham facilmente um quilinho extra ou outro. O mal de comer picado é que você não sabe realmente o que comeu e não se sente satisfeito, o que faz você comer ainda mais.

Por Paula Perdiz

Comente

Assuntos relacionados: alimentação emagrecer dieta

Últimas