Amor e auto-imagem

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Amor e autoimagem

A Sagrada Escritura nos apresenta para relacionamento com o próximo: "AMARÁS O TEU PRÓXIMO COMO A TI MESMO" (Lv.: 19,18). Acontece que se não amarmos a nós mesmos não poderemos amar nossos semelhantes.

O que vemos atualmente é justamente isso. Pessoas obesas que não se amam e conseqüentemente também não se relacionam bem com os demais e isso vira um círculo vicioso. Não se dá bem com alguém e come para compensar a complicação desse relacionamento. É falta de auto-estima.

O amor para com a própria pessoa depende da forma de como ela se vê, é a sua auto-imagem. Essa vai sendo construída pela relação com o ambiente na qual a pessoa vive e cresce. Todas as ações são acompanhadas de emoções e sentimentos que influem no retrato de cada um. Quem está satisfeito

realmente com sua imagem pessoal avança na vida com segurança emocional. Caso contrário, enfrenta problemas na sua convivência com pessoas e consigo mesmo.   

Normalmente as pessoas não se conhecem e têm medo de buscar esse autoconhecimento pelo medo das descobertas. Para o obeso que quer emagrecer e melhorar seus relacionamentos, é preciso que forme uma auto-imagem positiva. Que se ame.

Um dos métodos de se construir uma auto-imagem positiva é através da visualização. É "ver" de forma ativa uma imagem mental adequada quando se fecha os olhos. No caso da obesidade é ver-se com um corpo magro, compatível com a estrutura, vestido adequadamente, inclusive vendo as cores da roupa, ouvindo o que os outros falam (só elogios, claro) e como está se sentindo acontecendo tudo isso.

A imagem do novo corpo formado mentalmente cria no cérebro as mesmas representações que a percepção física real do mesmo objeto e produz os mesmos efeitos emocionais análogos que as entradas sensoriais.

Toda nova informação, quando penetra na mente, tende a substituir outra antiga relacionada com o mesmo assunto. A última é que geralmente permanece. Resumindo, a pessoa deve arranjar tempo para si, fazer o possível para não ser perturbado durante a visualização, ver a própria imagem o mais detalhadamente possível, ouvir o que os outros dizem e sentir a sensação do resultado. Repetir duas vezes ao dia.

A auto-imagem atual não se baseia na "realidade" (território), mas em como se imagina (mapa). O que se mudar por aprendizado reflexivo a auto-imagem irá tornar realidade em pouco tempo. É mais fácil de buscar.

Quem se ama, fará o emagrecimento e conseqüentemente terá melhores relacionamentos na vida.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas