Ansiedade: ela novamente

Ansiedade ela novamente

Para a ansiedade ser classificada como patológica, existem alguns sintomas que são comuns:

  • Tremores;
  • Tensão muscular;
  • Inquietação;
  • Fadiga fácil;
  • Dificuldades em respirar;
  • Palpitações;
  • Transpiração ou arrepios de frio;
  • Boca seca;
  • Vertigens e enjôos;
  • Sensação de calor ou frio;
  • Micção freqüente;
  • Dificuldade em ingerir alimentos;
  • Nó na garganta;
  • Impaciência;
  • Agitação, nervosismo ou tensão interior;
  • Dificuldade em concentrar-se;
  • Esquecimento freqüente (brancos);
  • Perturbações no sono;
  • Irritabilidade.

    Ter alguns dos sintomas descritos acima não denota um quadro patológico. É necessário o agrupamento da maior parte deles. Portanto, se definir como ansioso é precipitado e perigoso, pois a ansiedade, desde 1980, está catalogada como "doença" e é motivo de estudos por uma grande parte da comunidade científica. Recentemente o geneticista Xavier Estivill (Hospital Duran y Rynbalds, Barcelona, Espanha) descobriu que as perturbações de ansiedade surgem quando estão associadas a uma mutação no cromossomo 15, ou seja, existe um gene que é responsável também pela ansiedade. Entretanto esta responsabilidade não pode ser restrita ao genoma. O cérebro tem sua parcela.

    Investigações recentes no campo da neurologia demonstraram que quando se está ansioso, o cérebro estimula o sistema nervoso, que por sua vez começa a liberar algumas substâncias como a noradrenalina, dopamina e adrenalina que, em parte, são responsáveis por sintomas desagradáveis, estranhos e muitas vezes sem nenhuma compreensão.

    Como deu para perceber, a ansiedade é um tema extremamente complexo, muito rico em detalhes e que precisa ser exaustivamente explorado para que não seja confundido e, portanto, responsabilizado por algumas pequenas frustrações que a vida pode nos apresentar.

    Critério, cautela, prudência e conhecimento são aspectos fundamentais para derrubar o mito ANSIEDADE X EMAGRECIMENTO.

    Sempre valerá a pena saber um pouco mais...

    Comente

    Últimas