As dificuldades para manter o peso

As dificuldades para manter o peso

Muitas pessoas sofrem durante o processo de emagrecimento, ou após perderem peso, quando o ponteiro da balança volta a subir, indicando aumento de peso.

A manutenção de um corpo saudável, conquistado através do emagrecimento, pode, muitas vezes, se tornar um tormento. Alguns motivos podem ser apontados como responsáveis pela volta do excesso de peso. Um deles é emagrecer através de dietas muito rígidas, em que alguns alimentos ou grupos de alimentos são proibidos.

A proibição geralmente gera ansiedade e compulsão para comer, provocando a recuperação de peso. Quem acredita que para a manutenção de peso é preciso eliminar algum alimento está muito enganado. O que realmente conta é não exagerar na quantidade e na freqüência de consumo de alimentos ricos em açúcar e gordura. É necessário evitar principalmente os alimentos industrializados, sempre prontos nas prateleiras de supermercados e nas vitrines de padarias e confeitarias, que estimulam o consumo por impulso.

Diversos alimentos ajudam na manutenção de peso, principalmente os que possuem muito volume e poucas calorias. Geralmente são as frutas ricas em fibras e água, como o melão e o morango. Hortaliças, legumes e verduras são ricos em nutrientes e por isso devem ser consumidos na quantidade adequada para uma boa nutrição. O consumo de peixes e proteínas de soja em algumas refeições pode ajudar a manter o peso, controlar a pressão arterial e diminuir o colesterol ruim. A carne vermelha, muito rica em nutrientes, deve ser magra, sem gordura.

É preciso aprender a comer corretamente. A manutenção do peso desejado dependerá da disposição para mudar o cardápio, e não apenas durante o processo de emagrecimento. A educação alimentar deve ser a base para uma dieta saudável, priorizando o consumo de alimentos mais leves e pouco calóricos.

Após alcançar o peso desejado, pode haver certa flexibilidade, mas se a pessoa voltar ao padrão de alimentação anterior ao processo de emagrecimento, haverá novamente aumento de peso. Por isso é necessário disciplina para as exceções não se tornarem regra. O ato de alimentar-se deve ser apenas um dos prazeres da vida e não apenas o único.

A atividade física regular é importante para quem deseja manter a forma. Atua como um componente de motivação, mantém o metabolismo em alta, diminui o acúmulo de gordura corporal e aumenta a massa muscular. Produz também um relaxamento confortante e ajuda a diminuir a ansiedade.

Para manter o peso desejado é também muito importante o fracionamento das refeições, normalmente já adotado durante o processo de emagrecimento. É uma forma de controlar o apetite e de produzir mais disposição e energia, mantendo a disciplina sob controle.

O ideal é comer moderadamente e nas horas certas, sem esperar a fome chegar, pois assim haverá menor risco de comer mais do que o necessário. O organismo leva de 15 a 20 minutos para avisar o cérebro que está saciado. Comer devagar, mastigando bem os alimentos, permite que a sensação de saciedade ocorra antes que o consumo se torne exagerado.

O estilo de vida é pessoal, sendo influenciado diferentemente por fatores internos e externos. Para manter o peso, como para muitos outros objetivos na vida, é necessário acreditar no poder de promover mudanças, rever atitudes e o modo de pensar. Não é uma tarefa fácil, por isso não se deve dispensar ajuda de profissionais especializados, quando necessário. Na verdade, só fazemos por muito tempo aquilo que nos dá prazer. É possível alcançar através da alimentação saudável os prazeres que um corpo mais magro, com mais saúde e energia pode proporcionar.

Comente

Últimas