Autoestima: resgate a sua!

Veja dicas para começar 2015 com a autoestima elevada

Como resgatar a autoestima em momentos difíceis

Fim de ano é sempre época de fazer uma retrospectiva do que foi bom e do que foi ruim e o que pode melhorar para o próximo ano. E nessa revisão, temos que levar com conta qual foi a nossa reação diante dos fatos, sendo eles bons ou ruins. E uma reação positiva tem relação direta com a sua autoestima. Para ajudá-la a manter a autoestima lá em cima em 2015, listamos algumas dicas. Veja só:

No fim de um relacionamento

Nunca pense que "não deu certo". Deu, sim, enquanto durou. E não carregue o fracasso em suas costas. Os dois lados são responsáveis por tudo o que acontece. Às vezes as coisas saem de nosso controle e não determinamos tudo. É preciso ter em mente que tudo é fase e que coisas boas estão sempre reservadas. Pense apenas que não era para ser assim e ponto.

Rotina estressante

Todos se esforçam ao máximo quando têm um objetivo. Pare e pense: seu estresse está valendo a pena? Sua rotina é estressante por que você tenta fazer tudo e tudo está caminhando como deve? Então continue empenhada. Pense que a maioria das pessoas passa por um rotina estressante hoje em dia e que vive cansada, sem tempo para si e até deprimidas. Mas antes de tudo, não desvie a atenção da saúde, ok?

Insatisfação com o corpo

A maioria das mulheres está insatisfeita com o próprio corpo; seja pelo formato, quilinhos a mais, celulite, flacidez, etc... Se você faz o que pode para melhorá-lo, fique feliz, mesmo que o resultado não seja o esperado. Se não, empenhe-se em comer melhor, e se exercitar. E nada de se comparar com as mulheres da TV. Cada uma tem uma genética, um certo tempo para malhar, etc...

Problemas com o trabalho

As pessoas costumam colocar a carreira em primeiro lugar, achando que estar bem sucedido é fundamental para ser feliz. E as outras coisas boas? A família, a saúde, os filhos, o casamento? Se a carreira não está legal, foque nas outras coisas, que também trazem muita felicidade. Se não está satisfeita com o emprego, não se sinta fracassada. Comece a procurar outro e enquanto não achar, foque no que realmente te deixa feliz.

Por Helena Dias


Comente

Assuntos relacionados: fim de ano autoestima retrospectiva

Últimas