Como enfrentar a páscoa

Enfrentar a Páscoa

As datas festivas costumam representar uma ameaça àqueles que desejam emagrecer. A páscoa, mais do que qualquer outra ocasião desperta o desejo por alimentos calóricos e, nesta época, é muito difícil resistir aos apelos dos doces e dos chocolates.

Frente às tentações, muitos abandonam as regras da reeducação alimentar e põem a perder todo o esforço feito ao longo do ano. Para vencer os perigos desta época dois princípios são fundamentais: o da moderação e o da compensação.

No período da páscoa, uma simples visita ao supermercado pode representar uma ameaça a quem deseja emagrecer. Para quem tem filhos pequenos o problema pode ser ainda maior, pois é praticamente impossível vencer os apelos das crianças pela compra de chocolates.

Considerando a dificuldade de evitar a tentação dos doces, a solução é consumi-los de forma moderada. Se você sentir um desejo muito forte por chocolates consuma-os, mas com moderação. Pegue um pedaço pequeno e coma-o com calma, pois assim o cérebro registrará a ingestão do alimento e sentir-se-á saciado.

Evite comer o chocolate enquanto realiza outras atividades (como assistir televisão, por exemplo), pois as chances de você comer uma grande quantidade sem perceber, aumentarão. A idéia é que você não se prive totalmente dos doces, mas que possa consumi-los em quantidades pequenas, sem que isto ponha todo o seu esforço a perder.

O segundo princípio que poderá te ajudar a lidar com as tentações é o da compensação. Se comer um pedaço de chocolate é realmente necessário, faça-o e compense depois. No período que sucede o consumo de chocolate, intensifique as atividades físicas e mantenha-se firme em seu programa alimentar. Assim, as calorias adquiridas logo serão perdidas e você poderá voltar ao seu ritmo normal.

Estes dois princípios aqui descritos não servem apenas para as datas comemorativas e devem ser utilizados sempre que se consumir alimentos calóricos ou que não estejam prescritos em seu programa alimentar. A moderação e a compensação devem ser entendidas como suas aliadas na luta pelo emagrecimento. Mantenha em mente estas dicas e boa páscoa!

Comente

Assuntos relacionados: psicologia alimentos chocolate páscoa doces

Últimas