Como ter elevada auto-estima II

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Como ter elevada autoestima II

O segundo fator para ter elevada auto-estima é a auto-aceitação, isto é, o resultado de viver conscientemente. A auto-aceitação é uma pré-condição para a mudança que desejamos fazer na nossa vida. Aceitando o negativo podemos construir o positivo.

No caso da obesidade ou que o corpo está apenas com algumas gorduras a mais, é preciso reconhecer essa situação com honestidade. É olhar-se no espelho e dizer: "este sou eu e não nego o fato de estar com umas gorduras a mais em determinados pontos do corpo". Eu o aceito. Isto é respeito pela realidade. Lembram do estar sempre consciente da matéria anterior?

Quando reconhecemos a realidade podemos mudá-la ou não. É uma opção. Nós não somos motivados a mudar aquilo cuja realidade negamos. Se olharmos no espelho e acharmos que estamos bem, ignorarmos nosso sobrepeso, não teremos motivação para mudar. Isto é um bloqueio que vai se fortalecendo cada vez mais. Quando aceitamos que estamos realmente fora do peso então podemos promover a mudança mais rápida.

Situações indesejáveis encaradas e aceitas como indesejáveis nos motiva para a mudança. Mesmo assim podemos rejeitar o que não se adapta ao nosso conceito oficial por outras razões.

Uma boa maneira de aceitar e resolver a situação de obeso é fazer o exercício do espelho: "aceito que estou fora de peso, mas gosto de mim. Mudarei o que for necessário".

O terceiro fator para ter elevada auto-estima é eliminar culpas, causas e irresponsabilidades. Apesar da culpa estar tão vulgarizada, ela é muito mais irreal do que real, é falsa e imposta pelos outros.

A culpa é mais uma justificativa para um momento que geralmente a pessoa não entende ou acha que não foi bom como queria. Como ela não aceita essa situação, então elege um bode expiatório que pode ser ela mesma, outra pessoa ou situação. O sentimento de culpa, de ser causador de algo ou ter agido com irresponsabilidade é o congelamento daquela situação que fica guardada na lembrança.


Quando alguém achar que comeu demais ou achar-se irresponsável por ter exagerado em uma festa, assuma e evite cometer esse erro novamente. Uma forma de eliminar culpas ou irresponsabilidades é perdoar-se, aceitar que é humano e passível de erros e voltamos no item anterior: aceitação.

Se fizéssemos tudo que fazemos com perfeição, não poderíamos aprender nada de novo na vida.

Aguardo perguntas e sugestões.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas