Conversando consigo mesma para emagrecer

Conversando consigo mesma para emagrecer

Você conversa com pessoas todos os dias, não é? Mas, por que não manter esse mesmo hábito com você mesma? Conversar consigo mesma é um dos recursos mais poderosos para elevar o autoconhecimento.

Como fazer isso? Comece perguntando-se o que está sentindo. Por exemplo, o que está sentindo agora? Tristeza, angústia, ou alegria? O que está acontecendo em sua vida que está te deixando assim? Saiba reconhecer sempre o que está sentindo.

Você pode estar querendo eliminar uns quilinhos e isso a preocupa muito. Preocupa até muito mais do que gostaria, pois não tem conseguido manter o controle.

Vamos refletir sobre alguns aspectos. Será que tem tentado de verdade? O que você tem feito para alcançar o peso desejado? Ah, você até tenta, mas quando percebe já comeu mais do que devia? Se pensar sobre sua alimentação, será que consegue reconhecer os alimentos que deveria evitar ou comer em menos quantidade? Tenho certeza que você consegue reconhecer quando come uma pizza, muitas frituras, exagera na quantidade de lanches, pães, massas, refrigerantes.

Você sabe quando come demais, não sabe? Se estiver respondendo essas perguntas, já pode perceber que as respostas em geral estão dentro de cada um de nós, mas sequer nos damos ao trabalho de responder as perguntas que nos fazemos diariamente, principalmente no que se refere aos nossos próprios sentimentos.

Muitas vezes comemos compulsivamente para fugir do que sentimos. Assim, se aprendermos a identificar e confrontar nossos sentimentos, a necessidade de comer demais aos poucos diminuirá.

Estamos sempre nos perguntando por que nossa vida está como está, por que não somos amadas como gostaríamos, por que não conseguimos emagrecer, por que não temos o controle diante da comida e muitas outras perguntas que nos atormentam. Como sequer pensamos sobre isso, geralmente fazemos essas mesmas perguntas para outras pessoas, como se elas pudessem saber o que está dentro de nós. Ou seja, tudo aquilo que queremos saber, seja o motivo pelo qual passamos por determinadas situações, seja por que não conseguimos eliminar os quilinhos que temos a mais, podemos encontrar dentro de nós.

Nem sempre é fácil reconhecer isso, mas, se sabemos as respostas, por que nos sentimos tão perdidas? Porque nem sempre nos fazemos as perguntas! Desde pequenas fazemos o que os outros esperam que faríamos. Se esperam que sejamos educadas, somos educadas. Se esperam que sempre falemos sim, respondemos afirmativamente. Tudo isso para obtermos, ainda que inconscientemente, atenção, reconhecimento, aprovação, amor. E quando não recebemos, buscamos preencher o vazio com comida.

Procure se lembrar de quantas vezes comeu tudo que estava no prato, mesmo não agüentando mais, para agradar alguém? Quantas vezes foi presenteada com um doce por que havia agido como esperavam que agisse? Quantas vezes não ouviu que se não comesse tudo que estava em seu prato não faria aquele passeio que tanto queria? E quantas frases não ouviu e nem se lembra mais?

Essas frases, mesmo que não sejam lembradas, se tornam crenças e as mantemos como se fossem nossa verdade, nos fazendo muitas vezes acreditar que a comida é uma forma de recompensa ou compensação. Mesmo que não lembre, saiba que está tudo arquivado em seu inconsciente e por isso nem sempre consegue obter o controle diante do doce, da comida. Pelo fato das respostas estarem dentro de si mesma esse torna tão importante conversar consigo mesma para identificar o que a faz agir como está agindo.

Isso equivale a se questionar e analisar tudo que faz. Você pode pensar que isso dará muito trabalho. É verdade, dará mesmo! Mas você não quer um resultado? Não quer mudar? Para isso é preciso arregaçar as mangas e acreditar que você merece e é acima de tudo capaz de conseguir. Antes de mudar seu corpo, seu peso, entenda que é preciso mudar suas crenças e alguns pensamentos. Só mudará seu corpo e seu peso depois que mudar sua mente. Afinal, você é o reflexo de seus pensamentos.

Quando perceber que está com pensamentos negativos ou pensando que não irá conseguir, que não é capaz, pare imediatamente com esses pensamentos e substitua-os por alguns, ou todos, dos pensamentos abaixo:

- Sei que o melhor caminho para começar qualquer mudança é acreditar em mim mesma. Assim, assumo a responsabilidade por tudo que me acontece e assumo o controle de minha vida e minhas atitudes. E sempre que eu duvidar se sou capaz, direi a mim mesma: "consigo tudo aquilo que desejo porque sei que sou capaz";

- Pensarei antes de fazer ou falar algo. Não agirei mais de maneira impulsiva como tenho agido, principalmente quando eu for comer;

- Conversarei muito comigo mesma para identificar meus sentimentos e quando me sentir triste, com raiva, sozinha, escreverei tudo que sinto para organizar minha mente e obter maior controle sobre minha vida;

- Aprendi a dizer "não" para a comida e "sim" ao peso ideal para mim;

- Quando eu for comer direi a mim mesma: "terei controle do que eu for comer, pois é assim que alcançarei o peso desejado";

- Hoje valorizo tudo que tenho conquistado e agradeço todos os dias tudo que me acontece;

- Os quilinhos a mais que já consegui eliminar são muito mais importantes dos que ainda faltam;

- Todos os dias elevo minha auto-estima em lugar de elevar meu peso!

Comente

Últimas