Dieta com bom humor

Saiba quais os alimentos certos para te ajudar durante o emagrecimento

dieta com bom humor

Os bons de garfo sabem que mais difícil do que começar uma dieta é mantê-la. No entanto, não tem jeito, se o seu sonho é entrar naquele modelito do ano passado, a única solução é apostar na dobradinha alimentação balanceada e exercício físico. Afinal, ainda não inventaram nada que substitua essa equação para atingir os resultados buscados na hora de emagrecer. Agora, se já é complicado sustentar o regime sem dar nenhuma escapadinha, imagine se você estiver de mau humor então, sem chances de encarar, não é mesmo?

Para quem está na luta contra a balança, a boa notícia é que dá para deixar o mau humor de lado e emagrecer apenas comendo os alimentos certos. Não acredita que a alimentação e a dieta podem interferir diretamente no seu humor? Segundo a nutricionista do Hospital Santa Virgínia, Cláudia Itosu, diminuir o consumo de alimentos como açúcar, cafeína, álcool e chocolate e aumentar a ingestão de frutas, peixes e líquidos podem contribuir consideravelmente para a melhora do seu humor. "Certos alimentos têm essa capacidade de melhorar nosso estado de espírito. São aqueles ricos em ácido fólico, ômega 3, vitamina B6, vitamina C e magnésio. Existem ainda os que possuem nutrientes terapêuticos que induzem a produção de neurotransmissores de bem-estar como aminoácidos, serotonina e triptofano", explica a especialista.

Mas, como assim, o açúcar não faz você ficar super alegre? Muita calma, não é que um docinho vai te deixar de mau humor, mas, de acordo com a nutricionista, carboidratos, álcool e chocolates também têm em sua composição substâncias com propriedades estimulantes do Sistema Nervoso Central (SNC). Ou seja, apesar de provocarem uma boa sensação assim que são ingeridos, depois de um tempo no organismo eles estimulam os principais agentes de estresse, contribuindo assim para o mau-humor. "A ingestão de açúcar e cafeína em excesso pode elevar exageradamente a excitabilidade celular, provocando sensação de euforia temporária. Por outro lado, a redução sem critério do consumo de carboidratos ou proteínas pode afetar negativamente o humor, pois compromete a ação do triptofano e da serotonina", esclarece Cláudia.

De outro lado, frutas, verduras, peixes oleosos e, principalmente, a água são alimentos amigos do humor. Então, se você quer mais alegria e disposição no seu dia, não deixe os alimentos apontados de fora do seu cardápio. Para quem tem dificuldades de substituir o açúcar pelo adoçante, a nutricionista diz que uma boa alternativa é usar o mel integral, também rico em triptofano. "Já para manter um perfeito funcionamento da bioquímica do humor, o adequado é ter um consumo equilibrado de carboidratos e proteínas, além de alimentos antidepressivos e naturais, como as frutas oleaginosas", aconselha Cláudia completando que amêndoas, avelãs, nozes, sementes de linhaça (por causa da presença de ômega 3), sementes de gergelim e cereais integrais podem ser uma verdadeira injeção de ânimo para aqueles dias de baixo astral.

Por Paula Perdiz

Comente

Assuntos relacionados: emagrecer dieta

Últimas