Dietas rápidas e malucas

Veja como não cair nessa cilada!
Dietas rápidas e malucas

Todos sabem que para emagrecer é necessário comer menos e fazer exercícios físicos, ou seja, evitar o sedentarismo. Porém, poucos têm paciência e muito menos perseverança para desenvolver uma reeducação alimentar e mudar seu estilo de vida.

Quem gosta de comer desregradamente quer continuar assim, pois adquiriu esse hábito. Quem não faz exercícios físicos e têm vida sedentária, a prioriza e jamais quer mudar isso. É tão bom ficar sem fazer nada. A partir daí começa a procurar uma forma de emagrecer que lhe satisfaça e que esteja de acordo com seu modo de vida. Ora isso é impossível. Como emagrecer comendo da forma que vinha comendo e engordando, sem fazer exercícios?

Existem atualmente muitas dietas que se classificam como rápidas, por exemplo, para quem vai fazer cirurgia do coração e precisa emagrecer o quanto antes. Uma que pede para evitar carboidrato e açúcares, a dieta líquida, a dieta do atum, da lua, da sopa etc."

Em primeiro lugar, as pessoas têm seus aparelhos digestivos diferentes uns dos outros e que vão se comportar de maneiras diferentes, e em muitos casos de maneira prejudicial ao organismo. Quem não metaboliza bem as proteínas e gorduras sofrerá conseqüências se fizer a dieta de restrição do carboidrato e ficará ainda mais ansiosa. Seus rins poderão entrar em sofrimento. As dietas líquidas ainda podem levar o organismo a deficiências de certos nutrientes e assim por diante.

Veja algumas dicas como não cair nessas dietas malucas:

Outro ponto negativo destas dietas rápidas é que pessoas as fazem por pouco tempo, emagrecem, mas não dão continuidade, tendo como conseqüência a volta dos quilos perdidos e muito rapidamente. Sabemos que a mente das pessoas habituadas com comportamentos inadequados, tanto na alimentação como no estilo de vida sedentária não quer mudar esses hábitos, o que as dificulta escolher o melhor caminho do emagrecimento, por isso preferem atalhos supostamente fáceis e eficientes, mas não duradouros.

Todos os especialistas são unânimes na questão de que a reeducação alimentar, com conhecimento que convença a mente e exercícios físicos é que emagrece saudavelmente e tem a chance de permanecer magro. Ou seja, fique ligado!


Comente

Últimas