Dúvida Cruel: Fome ou Vontade de comer?

Dúvida Cruel Fome ou Vontade de comer

Ao encarar um programa de alimentação por mais leigo que sejamos, já sabemos que enfrentaremos algumas situações...

... um pouco complicadinhas,já que algumas restrições serão necessárias e pertinentes para se chegar ao objetivo.

Não queremos passar fome e muito menos vontades. Agora, como distinguir se estamos com fome ou com vontade?

Segundo o Dicionário Aurélio, a fome tem como significados:

1- Grande apetite de alimentos,

2- Míngua de víveres,

3- Avidez.

Já a vontade, segundo o próprio Aurélio:

1- Faculdade de representar mentalmente um ato que pode ser ou não praticado em obediência a um impulso ou a motivos ditados pela razão,

2- Sentimento que incita alguém a atingir o fim que essa faculdade propõe,

3- Capacidade de escolha, decisão,

4- Firmeza,

5- Capricho,

6- Desejo ou determinação expressa,

7- Necessidade fisiológica.

Por estas definições dá prá perceber o quanto complexo é se falar da fome e da vontade (de comer) sem que haja um pouco de confusão.

Tentemos então a seguinte linha de raciocínio: a fome está associada ao fisiológico, a uma necessidade básica e vital regida por manifestações químicas e orgânicas do nosso organismo (como um sensor, um sinalizador); geralmente a fome é controlável e se saciada, os sintomas desagradáveis como enxaquecas, dores de estômago, irritabilidade, tendem a desaparecer.

Isto não significa que saciando a fome, saciaremos a nossa vontade. As nossas vontades geralmente estão relacionadas a algo altamente prazeroso, que nos tragam uma enorme sensação de bem-estar. A vontade está mais direcionada a um desejo e não a uma necessidade. A fome está mais para o lado racional e a vontade mais para o lado emocional de cada um de nós...

Em um programa alimentar, os alimentos prazerosos são quase totalmente abolidos de nossa alimentação, logo fica aquela sensação de estarmos cumprindo uma obrigação, enquanto estamos nos privando de um prazer e comer é e sempre será um enorme prazer.

Comer quando estamos com fome não gera culpa, já se comemos por simples vontade a história é outra... Muitos de nós desprezamos o chuchu e apreciamos o chocolate. É muito difícil encontrar alguém que tenha "vontade de chuchu" ou "fome de chocolate". Se estamos com fome qualquer alimento é capaz de saciá-la, ou atenuá-la. Se estamos com vontade de comer temos que ir direto ao alimento que temos em nossas mentes, que está em nossa memória, que nos faz salivar ao simples aroma. Não adianta nos enganarmos beliscando uma coisinha ali, pegando um pedacinho daqui, etc.. A vontade é insaciável se não for direcionada.

Com certeza é muito mais difícil controlar a vontade do que a fome, mas se nos encontramos em um projeto de vida que implica em mudança de hábitos alimentares momentâneos, a nossa VONTADE em chegar aos objetivos tem que ser maior que a nossa vontade de comer.

Comente

Assuntos relacionados: psicologia alimentação fome culpa

Últimas