Falsos light, não caia nessa armadilha!

Livro ensina como fugir da cilada dos supostos alimentos magros

Falsos light não caia nessa armadilha  Livro ensin

Fuja das dietas aprendendo a comer: escolha isso, não aquilo Foto/ Reprodução

Quantas vezes na hora de escolher um prato no restaurante você optou por uma saladinha ao invés daquela massa que tanto gosta? Convictos de que todas as saladas são mais magras do que qualquer outra escolha, saiba que a cilada dos falsos light contribui para o aumento de peso da maioria das pessoas que ainda acreditam que tudo o que é gostoso está proibido para quem faz dieta.

Pois é, se você faz parte desse time, o livro ‘Fuja das dietas aprendendo a comer: escolha isso, não aquilo’ mostra que os alimentos supostamente magros podem atrapalhar e muito o seu processo de emagrecimento. Afinal, nem tudo que é light está livre das calorias extras, afirma os especialistas em nutrição e autores do livro, Luciana Oquendo Pereira Lancha e Antonio Herbert Lancha Jr. Ou seja, você não tem que abrir mão do prazer de comer algo que gosta para conquistar o peso desejado.

Para derrubar os mitos sobre alimentação saudável e eliminar velhos comportamentos como a troca do prato que contém maior quantidade pelo sanduíche ou salgado com a intenção única de ‘comer menos’, os autores alertam para as substituições ilusórias. Sabe aquela salada Caesar que você pediu para fugir do nhoque ao sugo? Então, apesar daquele monte de folha aparentar ser mais leve, o franguinho grelhado e o molho cremoso de parmesão a transforma em um calórico prato de 329 kcal e 16 gramas de gordura, enquanto o ‘perigoso’ nhoque possui apenas 213 kcal e 3 gramas de gordura, isso sem queijo ralado ou uma quantidade exagerada de molho.

Agora, se você acha que se alimenta bem, cuidado. De acordo com os especialistas, as pessoas que mais se preocuparam com a saúde e boa forma foram também as que cometeram mais deslizes. Então, se você não quer mais cair nessa armadilha, veja as comparações de alguns alimentos e tenha mais prazer à mesa.

Falsos light não caia nessa armadilha  Livro ensin

Café da manhã - Para quem está em processo de emagrecimento e adora dispensar as comidas à base de batata, muito cuidado. Os carboidratos não são apenas vilões. Um bom exemplo é o pão de queijo que possui muito mais caloria e gordura do que o temido pão de batata.
Falsos light não caia nessa armadilha

Refeição - Quem está de dieta adora diminuir drasticamente a quantidade de alimento ingerido na ilusão de emagrecer mais rápido, não se engane, o importante é a qualidade da refeição e não o montante formado no prato.
Falsos light não caia nessa armadilha  Livro ensin

Sobremesa - Na hora de escolher o docinho você sempre opta por algum elemento à base de fruta para diminuir o peso da consciência, cuidado com as armadilhas dos falsos light.
Falsos light não caia nessa armadilha  Livro ensin

Lanche - Adora uma pizza, mas sempre opta pela massa fina para se livrar da culpa pelo excesso? Essas compensações ilusórias podem contribuir para o ganho de peso. Para quem não acredita os autores explicam que esse erro é bastante corriqueiro, mas devemos prestar atenção ao que consumimos, pois nesse caso, o que torna a pizza mais calórica não é a massa e sim o recheio. Outro ponto a ser avaliado é a quantidade de fatias, pois normalmente um pedaço da pizza de massa grossa irá satisfazer sua fome, enquanto você vai precisar consumir mais pedaços da massa fina para sanar a fome. Ou seja, apesar da massa ser mais leve, a quantidade de gordura, açúcar e sódio consumidos por meio do recheio é muito maior.

Por Paula Perdiz

Comente

Últimas