Festas de fim de ano. Cuidado com esta cilada!

Festas de fim de ano Cuidado com esta cilada

Estamos chegando ao final de mais um ano. E é costume comemorar com comidas e bebidas em grandes quantidades e porque não dizer muito calóricas

Festa significa que nossa mente nos oferece um mecanismo de proteção por intermédio da racionalização que diz: "hoje posso comer bastante e de tudo, é festa".

Com essa idéia dá para imaginar o que acontece. Gostaria de antes fazer algumas observações sobre essa cultura de comemorar Natal e entrada do Ano Novo.

Antigamente, muitos participavam da famosa missa do Galo à meia noite, ou seja, à zero hora do dia 25 de dezembro. Depois, reuniam-se para cear, pois tinham ficado muito tempo sem alimentar-se e dormir tarde não era costume.

Hoje dessa tradição, praticamente só ficou a ceia. Atentem para o erro. Quem faz a ceia a zero hora, terá que jantar antes, caso contrário ficará com muita fome. Se não jantar, fica beliscando algo que será servido na ceia. Isso é pior porque perde a noção de quantidade e come-se muito.

Para a maioria das pessoas e de acordo com a idade, principalmente aquelas que estão em fase de querer emagrecer, apenas comem (e bem) durante a ceia e vão dormir. Que incongruência, comer demais para dormir. Não tem nada que engorde mais do que isso.

Nossa opinião, e isto já vêm acontecendo em muitos lares brasileiros, o Natal deve ser uma festa de confraternização entre famílias e amigos, não apenas comemoração e "bebemoração" (desculpem o neologismo).

Nosso recado é para quem estiver no processo de emagrecimento. Que não se iluda com a festa e programe-a de modo diferente. Faça um lanche às dezenove horas e a ceia em torno das vinte e duas horas. Após isso, os jovens poderão sair e, os demais, se quiserem conversarão um pouco para depois dormir.

Durante a ceia faça escolhas inteligentes. Isto porque no outro dia no almoço a comida praticamente será a mesma. Para quem vai cear fora de casa ou em restaurante é diferente.

Espero que quem esteja emagrecendo, na semana que antecede o Natal faça um cardápio com poucas calorias para compensar os excessos cometidos nos dias de festa.

Para o dia de fim de ano e início do ano Novo a idéia é mais ou menos a mesma, com exceção que nesse dia a ceia é mesmo à zero hora. Como aqui está implícito uma cultura de divertimento e prazer pela entrada do novo ano, normalmente há bailes e outras confraternizações que fazem as pessoas gastarem mais calorias indo dormir mais tarde.

Portanto, quem estiver em emagrecimento, confraternize mais, coma e beba o necessário para o seu organismo sem a idéia de que perdeu alguma coisa.

Aguardo perguntas e sugestões.

Comente

Últimas