História de vida

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
História de vida

A todo o momento, estamos ouvindo ou lendo sobre a história de alguém, seja ela uma pessoa nossa conhecida ou não. Muitas histórias pessoais nos fascinam e até nos estimulam a fazermos algo parecido

As revistas trazem inúmeras histórias de pessoas obesas que emagreceram e ficaram bonitas e atraentes. Cada um de nós tem uma história, nascemos com um corpo que deveria ser a prioridade na vida, ou seja, cuidar dele da melhor forma possível. Com o corpo recebemos uma família, uma identidade e ficamos atrelados aos comportamentos daquela família.

Enquanto pequenos, absorvemos sem contestação o que nos é imposto, e gravamos em nosso inconsciente da forma que recebemos, não temos capacidade de decidir sobre o certo ou errado, sobre o bom ou ruim e muito menos de intervir naquilo que não compreendemos.

Assim vamos construindo nossa história pessoal. Depois que crescemos vamos compreendendo que podemos alterar o modo de viver porque somos o autor daquela história da qual temos também o papel principal.

O fim da história só virá com a morte e não se sabe quando. O meio da história sim poderá ser mais bem elaborado. Ser obeso ou magro depende de cada um. É uma escolha particular.

Podemos encerrar a seqüência de uma história de obeso para iniciar outra de corpo magro, bonito e saudável. É estabelecer uma nova identidade. Recriar a vida ligando-a ao novo personagem de corpo esbelto. Não se esquece o passado, mas pode-se criar um futuro melhor ligado a esse passado. Garanto que a história ficará melhor, os acontecimentos terão mais colorido. A vida será mais longa e com melhor qualidade.

Acontece que para sair de uma história e passar para outra melhor é necessário energia, que se chama "atenção". É estar atento a um programa de emagrecimento com alimentação em quantidade satisfatória, fazer exercícios físicos, mudar os comportamentos indesejáveis por outros mais saudáveis. Deixar para trás certos hábitos que contribuem para a obesidade como, por exemplo, o de exagerar nas festas, num rodízio de carnes ou de pizzas.

Mudar a própria história é sair do comodismo, mesmo que seja estimulado pela história de outra pessoa. Neste site lêem-se muitas histórias de sucesso no emagrecimento. Que elas sirvam de estímulo para se motivar. A sua também poderá ser uma história de sucesso.

Aguardo perguntas e sugestões.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas