Mantenha o rio em movimento!

Mantenha o rio em movimento

O Mar Morto é uma das massas de água mais fascinantes do planeta. Devido à elevada concentração de minerais, até mesmo uma pessoa que não saiba nadar consegue permanecer à tona.

Um ser humano, na verdade, pode efetivamente sentar-se na água e ler um jornal sem afundar. No entanto, as excursões à área interromperam há muito tempo os banhos dos turistas céticos ou audaciosos. O problema é que quando a pessoa sai da água, ninguém quer sentar perto dela! A água tem um fedor horrível.

O Mar Morto é alimentado pelo rio Jordão de Israel e não tem escoadouro. Toda a água que flui para ele fica estagnada. Embora seja interessante observar o local e fascinante estudá-lo, a água não pode ser bebida, é poluída e pútrida.

Essa é uma boa imagem da pessoa que vive de uma forma egoísta, que toma em vez de dar. O Criador não nos fez para ser um reservatório que só faz recolher. Ele nos criou para ser um rio em constante movimento.

Quando vivemos de um modo egoísta, sempre recebendo, sempre tomando sem nunca dar nada, ficamos estagnados e poluídos. Falando diretamente, a nossa vida começa a feder. Assumimos uma atitude amarga; não é divertido ficar do nosso lado, pois estamos irritados e mal-humorados. E tudo isso porque nada emana de nós.

Deus, a Vida o Universo quer acrescentar coisas boas à sua vida, mas se você quiser viver o melhor possível agora, precisa aprender a deixar que essas coisas boas fluam através de você em direção aos outros. À medida que fizer isso, o seu suprimento será reposto e a sua vida permanecerá viçosa.

Pare de só acumular e comece a compartilhar com os outros. Compartilhe seu tempo, sua energia, seu conhecimento suas amizades, seu amor e seus recursos. Se a vida lhe deu alegria, divida-a com outra pessoa. Faça alguém feliz; levante o ânimo de outra pessoa; seja um amigo para alguém. Comece a compartilhar. Não se permita ficar estagnado. Você precisa manter o seu rio em movimento. É assim que pode verdadeiramente prosperar na vida e ser feliz.

Comente

Últimas