Melhore sua produtividade em 7 passos!

Usar o tempo com sabedoria é um diferencial

Melhore sua produtividade em 7 passos

Com a chegada do fim do ano (só para lembrar: faltam 4 meses para acabar 2014!), começam a aparecer os planos que ficaram para trás, as dívidas, pilhas de relatório atrasados e a desorganização aparece aos poucos até se perder nas mil tarefas que parecem não terem fim. Como aumentar a produtividade e dominar todas as tarefas?

Segundo o diretor executivo da Innovia Training & Consulting, Ricardo Barbosa, usar o tempo com sabedoria é um diferencial entre os profissionais, pois "são grandes os resultados que se tem com a capacidade de organizar bem o tempo de serviço, produzindo adequadamente dentro dos horários de trabalho, evitando horas extras e dando os retornos necessários".

Desafogue o tempo com 7 dicas para melhorar a produtividade no trabalho:

1 - Desligue o smartphone (mesmo)

Nada de deixar o smartphone no silencioso e ficar apertando as luzes do aparelho para ver se recebeu alguma mensagem instantânea, ligação, ou um "olá" nas redes sociais.

Segundo o expert em consultoria profissional, os aparelhos eletrônicos são causadores de falta de foco no trabalho. "Tudo isso tira sua atenção, sabota seu foco e dificulta a realização de tarefas. Reserve um tempo no seu dia para cuidar dos seus e-mails e relacionamentos, mas não permaneça 100% do tempo conectado", recomenda.

2 - Lista das listas

Foco é um dos maiores problemas dos profissionais. Caso você faça parte do time daqueles que não conseguem nem começar a executar as tarefas ou priorizar atividades, a sugestão é fazer uma lista. Pegue as tarefas do dia, antes de começar a executá-las, e liste-as. Retome à lista e enumere pelo grau de prioridade e se atente a executar exatamente todas as tarefas, pela ordem.

3 - Não ultrapasse seus limites

Tem momentos em que as tarefas parecem não ter fim - mesmo com listas, organização e foco. Talvez o problema não deve ser o tempo ou desatenção, mas a quantidade de trabalho que é realizada. Sabemos que às vezes dá vontade de abraçar o mundo, mas realizar todas as tarefas que aparecem pela frente só prejudicará a qualidade do trabalho. "Evite se comprometer com mais do que suporta. Saiba que cada um tem seu escopo de trabalho e é pago para isso, assim, focalize seu objetivo fim", afirma Ricardo.

4 - Divida profissional do pessoal

A dica fica mais complicada quando a pessoa trabalha em um estilo home office, mas não é impossível. Por mais frio que pareça, tente não levar os problemas de casa para o ambiente de trabalho. "Evite que esses impactem pesadamente nos resultados do trabalho, lembrando que a alta concentração na tarefa em execução pode levar a retrabalho ou prejuízos muito maiores", alerta o diretor.

5 - Motivação sempre

Mesmo que seja uma segunda-feira chuvosa e sem graça, motive-se! Seja por meio de um exercício físico, com uma música favorita, uma boa leitura, um abraço... Motive-se sempre! Busque tirar o proveito positivo de todas as situações, tente encontrar coisas novas nas tarefas mais rotineiras para não cair na mesmice. Ricardo afirma que muitos trabalhadores não buscam coisas novas e acabam na desmotivação e acomodação.

6 - Faça para agora o que é para hoje

Você chega no trabalho, o chefe chama para passar uma tarefa - que é tão simples que deixa para depois. Ao final do dia, a atividade não foi realizada e é deixada para amanhã. Passa uma semana e ainda não foi executada. Praticamente como uma bola de neve, você acumulou várias tarefas simples que não foram executadas por procrastinação. "Evite deixar tudo que se pode fazer hoje para o amanhã, pode parecer que não haverá problemas mas pode ter certeza que o resultado não será positivo", afirma o expert em consultoria.

7 - Descanse!

Viver de trabalho não facilitará a administração do tempo, pelo contrário! Com o tempo, as tarefas vão aumentar junto com o cansaço e tudo será executado a meia-boca. As folgas são necessárias porque o corpo precisa descansar, dentro da jornada de trabalho. "O descanso é fundamental para que se possa ser produtiva. Nenhum profissional é 100% do seu tempo, temos que cada vez mais exercer o famoso ócio criativo" finaliza Ricardo.

Por Caroline Sarmento


Comente

Assuntos relacionados: produtividade

Últimas