O frio pode ser seu aliado

O frio pode ser seu aliado

Vários são os fatores que nos levam à obesidade, por isso muitas vezes fica difícil identificar um fator isolado como causa.

Com a chegada do inverno, muitas pessoas acham mais difícil controlar a alimentação, pois sentem mais fome. Isso é muito comum e tem explicação. Com temperaturas mais baixas ocorrem mudanças fisiológicas em nosso organismo, que passa a queimar mais calorias para manter o calor corporal equilibrado. Como conseqüência, nosso apetite aumenta, pois o organismo obtém as calorias necessárias para seu funcionamento através dos alimentos.

No inverno é preciso redobrar a atenção para o que ingerimos, pois é bastante comum chegar ao final da estação com 2 a 5 quilos a mais. O frio pode ser um aliado do emagrecimento se a alimentação se mantiver saudável.

Seguindo a orientação de um nutricionista, versões menos calóricas de chocolate quente, de fondue, de queijos e vinhos, e até de feijoada, podem ser preparadas sem comprometer seu emagrecimento. Se você for a uma reunião de amigos onde alimentos pouco recomendados serão servidos, coma sempre algo leve antes. Isso o ajudará a ingerir menos alimentos calóricos quando você não tiver opção. O jejum por mais de 4 horas diminui o metabolismo e, assim, aumenta a necessidade de alimentos gordurosos no inverno.

É fundamental praticar exercícios físicos diariamente para manter a forma e gastar as calorias extras que você poderá ingerir nos dias de inverno. Se o esporte que você pratica torna-se desagradável no inverno porque você fica exposto ao vento ou à água fria, procure a orientação de um preparador físico para uma possível mudança que possa dar prazer e trazer benefícios para sua saúde.

Nossas relações sociais devem ser preservadas num ritmo normal. Nada de se recolher dentro de casa para esperar o frio passar. O isolamento poderá causar melancolia e até depressão. Nos países de inverno rigoroso, onde os dias são muito curtos, os sintomas depressivos são freqüentes. Mas no Brasil, onde o frio é ameno, não podemos nos deixar abater por essa mudança climática tão pequena. Um bom casaco resolve o problema.

No inverno há tendência de relaxar e só quando o sol de setembro começa a esquentar, percebemos o preço do nosso descuido. Esse preço se revela quando temos que "correr atrás", tentando um emagrecimento rápido que é mais difícil e menos saudável.

É importante manter o equilíbrio com a balança durante o ano todo e escapar do efeito "sanfona". Se, no inverno, você mantiver uma alimentação equilibrada e praticar exercício físico regularmente, vai aproveitar a ajuda que naturalmente o frio oferece: uma maior queima calórica. Com certeza a primavera será muito mais florida para você!

Comente

Assuntos relacionados: psicologia inverno queimar calorias

Últimas