O modismo

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
O modismo

O modismo é um processo rápido, ainda agora com a internet. É a tendência de fazer, falar, usar o que a maioria faz, fala ou usa.

Aparece, contagia a todos e desaparece com a mesma rapidez, mas de quando em quando ele reaparece. O lançamento de determinada moda pode acontecer de várias maneiras, como, por exemplo, pelas novelas, revistas, livros, internet, boca-a-boca, etc.

No caso do emagrecimento o mais freqüente é por intermédio de revista em cuja capa aparece uma artista bastante conhecida, com o corpo escultural afirmando que determinado processo de emagrecimento ou dieta é que a deixa daquele jeito. Também pela TV através de propaganda de algum aparelho ou medicamento miraculoso que age a todos de forma infalível.

A maneira mais funcional e rápida de divulgação da moda do emagrecimento é o boca-a-boca e agora intensificado pela internet. Atualmente existem até voluntários (as) para iniciar a propaganda de determinado produto.

O que emagrece mesmo é um cardápio adequado na qualidade e na quantidade dos alimentos, comer em horários determinados e não pular refeições. Essa moda é a que devia pegar Alguns medicamentos são lançados no mercado com a proposta de emagrecer, de promover saciedade, de queimar gorduras, até as localizadas e algumas pessoas aderem e propagam às demais.

Como a maioria não confia nas suas próprias idéias e no conhecimento real, passam a acreditar nas experiências dos outros sem críticas. Antes mesmo de utilizar tal medicamento ou método de emagrecimento já comenta com outras pessoas que é muito bom o que a amiga relatou como uma solução mágica.

A velocidade de disseminação da idéia é espantosa e logo muita gente já está falando e/ou usando o medicamento, aparelho ou método de emagrecimento. A verdade é que nem todos os métodos, medicamentos ou aparelhos funcionam para todos. O que é bom e dá certo para um pode não dar certo para outro.

Em se tratando de emagrecimento não existe nada mágico, alguns métodos, aparelhos ou medicamentos podem funcionar como estimulador, mas o que emagrece mesmo é um cardápio adequado na qualidade e na quantidade dos alimentos, comer em horários determinados, não pular refeições, tomar no mínimo dois litros de água por dia, praticar uma hora sem interrupção de exercícios diários, dormir bem e cuidar do equilíbrio emocional. Essa moda é a que devia pegar. Aguardo perguntas e sugestões.    

Alguns medicamentos são lançados no mercado com a proposta de emagrecer, de promover saciedade, de queimar gorduras, até as localizadas e algumas pessoas aderem e propagam às demais.

Como a maioria não confia nas suas próprias idéias e no conhecimento real, passam a acreditar nas experiências dos outros sem críticas. Antes mesmo de utilizar tal medicamento ou método de emagrecimento já comenta com outras pessoas que é muito bom o que a amiga relatou como uma solução mágica.

A velocidade de disseminação da idéia é espantosa e logo muita gente já está falando e/ou usando o medicamento, aparelho ou método de emagrecimento. A verdade é que nem todos os métodos, medicamentos ou aparelhos funcionam para todos. O que é bom e dá certo para um pode não dar certo para outro.

Em se tratando de emagrecimento não existe nada mágico, alguns métodos, aparelhos ou medicamentos podem funcionar como estimulador, mas o que emagrece mesmo é um cardápio adequado na qualidade e na quantidade dos alimentos, comer em horários determinados, não pular refeições, tomar no mínimo dois litros de água por dia, praticar uma hora sem interrupção de exercícios diários, dormir bem e cuidar do equilíbrio emocional. Essa moda é a que devia pegar.

Aguardo perguntas e sugestões.

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente

Últimas